RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

'Nunca fui movido por dinheiro. Vim pelo desafio', diz Neymar

'Nunca fui movido por dinheiro. Vim pelo desafio', diz Neymar (Foto: Reprodução/AFP)
Neymar chega ao Paris Saint-Germain sendo a contratação mais cara da história. O PSG pagou 222 milhões de euros (R$ 821 milhões). O novo reforço do time francês disse em entrevista coletiva, nesta sexta-feira, em Paris, que não se transferiu apenas pelo dinheiro. O projeto montado pelo PSG foi determinante para a decisão.
"Vocês não sabem exatamente o que acontece na minha vida. Nunca foi movido por dinheiro, mas por felicidade. Sempre pensando na minha família. Só tenho a lamentar quem pensa dessa forma. Eu agradeço ao Paris por acreditar no meu potencial".
Outro fator decisisvo foi "pela ambição que esse clube tem, é alinhada com a minha... De querer vencer, de buscar algo maior, um grande desafio e foi onde meu coração pediu para ir e com toda a felicidade do mundo estou aqui. E vou fazer o melhor para ajudar nossa equipe", disse Neymar.
No clube francês, o brasileiro vestirá a camisa 10, que anteriormente era usada por Javier Pastore, e assinou contrato até 2022. O atacante explicou a escolha pelo clube parisiense.
"Muito feliz por tudo, por ser um novo desafio. Feliz por vir ao Paris, que é um grande clube, uma cidade maravilhosa. Estou muito feliz. Faltam palavras para descrever o que sinto no meu coração. Estou empolgado para treinar com amigos, para jogar e buscar títulos que o time merece".
Veja outras afirmações de Neymar:
- Protagonismo de Messi
"Não influenciou em nada o protagonismo. Meu desejo foi por querer um novo desafio, por buscar algo diferente. Não estava me sentindo incomodado lá. Nunca busquei isso na minha vida. Não é o protagonismo que vim buscar. Vim buscar títulos, novos desafios. Sou movido a isso, querer estar sempre me superando, por isso estou aqui". "Agradeço muito ao Leo [Messi] nesses últimos quatro anos. Aprendi muito vendo ele treinar, jogar".
- Despedida dos amigos do Barça
"Foi uma das decisões mais difíceis que tomei na minha vida, por estar bem adaptado no Barcelona, por ter amigos e jogadores fantásticos dentro do clube. E não foi fácil. Foi um momento de muita tensão. Deixei muitos amigos. Futebol passa muito rápido. Você criar amizade nos lugares quer você passa é muito maior do que qualquer outra coisa. Fui feliz nos últimos quatro anos e senti que era o momento de partir. Não era que ali não tinha desafio, só queria algo novo. Falei sim com os jogadores daqui, já sinto em casa".
- Preparação física
"Vinha treinando sim. Agora dei uma parada de dois dias sem treino por tudo o que estava acontecendo. Mas estou preparado e feliz. Passei pelo campo e já deu vontade de vestir a camisa e jogar. Jogar bola é o que gosto de fazer e por que não amanhã, não é?"
- Expectativa de atuar pelo PSG
"Quase todos os jogos contra o Paris acabei indo bem. Hoje me sinto lisonjeado. Vim para uma equipe que tem jogadores que tem muita qualidade. Estou entusiasmado para trabalhar com eles e ser mais um a ajudar o PSG. Todo o jogador quer jogar com os melhores e hoje eu acredito que aqui tem os melhores".
- Pressão por Liga dos Campeões
Presidente: "A nossa ambição é a Liga dos Campeões, sempre foi, ainda é e agora mais. Queremos ganhar o máximo possível. Mas não podemos colocar tanta pressão por Champions. É importante deixar claro que o jogador tem que aproveitar"
- O mais valioso do mundo
Neymar agora pode se gabar do status de jogador mais caro da história do futebol. A negociação do brasileiro com o PSG supera a marca do francês Paul Pogba, que em 2016 trocou a Juventus pelo Manchester United em uma transferência na casa de 105 milhões de euros.
(Com informações do portal UOL)

Nenhum comentário: