RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

segunda-feira, 15 de maio de 2017

JACAREACANGA-PA 4 PRESOS FORAM TRANSFERIDOS PARA CASA PENAL DE ITAITUBA.


Em resposta às intenção manifestação da povoação de Jacaréacanga e os altos índices de violência ocorrido INVESTIGADOR SENA E MIGUEL conduz com 4 presos de Jacareacanga esta manhã.
Os presos são : Luenai de Souza Baía vulgo Nai(tráfico de entorpecentes e posse irregular de arma de fogo); Anderson Vasconcelos de Sousa vulgo Gaguim( furto majorado); Blener Eduardo Ferreira da Silva (furto qualificado mediante concurso) e Zildomar dos Santos Silva vulgo capixaba (cumprimento de mandado de prisão). A cidade Jacareacanga vive momentos de terror onde os índices de criminalidade tem crescido desordenadamente onde o índice tem batido recorde em toda historia do município.

Na manha desse sábado (13), a população revoltada foi as ruas,realizando manifestação pacifica pedindo mais segurança enquanto isso a policia civil de Itaituba que tem como cede a superintendência da policia civil já está com uma equipe especial de investigadores que em conjunto com a policia Militar já estão em campo onde na manhã de hoje já foram feitas varias prisões que vai de vários envolvimentos de criminalidade no município.

Sem contar que município é composto com mais da metade sendo indígenas,mais um precedente pras autoridades terem uma atenção especial nesse momento tenso pois como as prioridades ao povo indígena é diferente do resto da população,pode haver uma reação diferente vindo do povo indígena que também se tornou refém da crescente violência.  

Fonte: blog jhonny noticias com informações PC

REALIZADA EM JACAREACANGA UMA MANIFESTAÇÃO CONTRA A INSEGURANÇA NO MUNICÍPIO.
Foi realizada na manhã desse sábado (13) em Jacarecanga, uma manifestação, onde o objetivo era protestar contra a insegurança, no município. Jacarecanga tem passado ultimamente por situações caótica, com o alto índice de violência, onde o tráfico de drogas e sucessivos  furtos, tem aterrorizado a população jacareacanguense. A manifestação saiu de frente da câmara municipal, e precorreu diversas ruas da cidade e levou uma grande multidão.
A preocupação de todos, seria, na frente da delegacia, onde todos esperavam uma reação, com protestos acirrados. Na chegada na frente da DEPOL, os manifestantes  seguiram ordenamente. A  DEPOL, estava protegida, pelos militares do Grupo Tático Operacional - GTO, e como a manifestação era pacífica e dentro da legalidade, os manifestantes não realizaram nenhum manifesto.
Depois de percorrer as principais ruas de Jacarecanga, a manifestação se concentrou na praça Cristina Ribeiro, onde algumas pessoas se manifestaram, inclusive o pároco de Jacarecanga, que pediu paz. No final foi realizada uma "cerimônia" onde um caixão que tinha a inscrição, "Segurança Pública" e simbolizava a "morte" da segurança em Jacarecanga, foi queimado e as vítimas dos furtos, foram convidadas "pra" jogarem uma bandeira preta no caixão que estava queimando.

Fonte: Anderson Pantoja 

Nenhum comentário: