RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

terça-feira, 18 de abril de 2017

Deflagrada no Pará operação contra garimpo ilegal

Deflagrada no Pará operação contra garimpo ilegal (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Segundo o delegado Antônio Miranda, titular da Superintendência Regional da Polícia Civil no Araguaia Paraense, a operação foi deflagrada após representação junto à Justiça feita pelo delegado titular da Delegacia de Tucumã, William Crispim.
Ao todo, seis mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça para apurar crime praticado por compradores de ouro ilegal em constante atividade no município.
AÇÃO POLICIAL
Os policiais saíram às ruas da cidade, para cumprir as ordens judiciais, nas primeiras horas do dia. Foram presos Félix Alves Bezerra, Valdemir de Oliveira Ferreira, Bruno Gomes da Cunha e Júlio da Silva, proprietários e responsáveis por estabelecimentos de venda do produto.
Ainda, durante a operação, foram apreendidos cerca de R$ 100 mil em dinheiro, um quilo e meio de ouro natural e em torno de três quilos do mercúrio-líquido vulgarmente conhecido como azougue, que é nocivo à saúde humana e ao meio-ambiente.
Foram apreendidas também diversas balanças digitais de precisão usadas na pesagem do ouro. A operação, detalha o delegado Miranda, vai continuar e contará com desdobramentos em novas fases para desbaratar a organização criminosa responsável pela extração ilegal de ouro.
A operação contou com policiais civis da Superintendência do Araguaia Paraense, do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) de Redenção e da Delegacia de Conflitos Agrários (DECA) de Redenção, com apoio da Polícia Federal do município.

EXECUTADO À BALA

Ex-detento é morto ao deixar fórum em Ananindeua

Ex-detento é morto ao deixar fórum em Ananindeua  (Foto: Reprodução/Twitter)
Edielson Carvalho dos Santos, de 26 anos, foi assassinado na tarde desta terça-feira (18). O crime aconteceu na estrada do Maguari, em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém.
Edielson tinha sido preso em janeiro deste ano, acusado de roubar um depósito de bebidas. Ele tinha conseguido a liberdade provisória. O crime aconteceu logo após a vítima sair do Fórum Criminal de Ananindeua, onde tinha assinado o Termo de Compromisso.
De acordo com informações de testemunhas, Edielson estava na parada de ônibus, quando dois homens chegaram em uma motocicleta e pediram para as outras pessoas se afastarem. Em seguida, efetuaram seis disparos que atingiu a cabeça, tórax e costas da vítima. Os criminosos estavam de capacete e não foi possível identificá-los. 
O caso foi registrado na delegacia de Ananindeua.
(DOL com informações de Denilson D'Almeida/Diário do Pará)

5 vereadores de Santarém atolados na lama do nepotismo cruzado

5 vereadores de Santarém atolados na lama do nepotismo cruzado, nepotismocruzado5casos - Henderson
Henderson, Maria José, Tadeu, Ronan e Antonio Rocha, maus exemplos na vida pública
Há dois tipos de nepotismo, o direto e o cruzado. Ambos em voga em Santarém.
O direto é aquele em que a autoridade nomeia seu próprio parente. Caso do secretário municipal de Infraestrutura, Daniel Simões, que nomeou o cunhado engenheiro para trabalhar na secretaria sob seu comando.
Nepotismo cruzado é aquele em que o agente público, a Prefeitura de Santarém, por exemplo, nomeia parente ligado a outro agente público, a Câmara de Vereadores, para troca de favores.
O blog relaciona 5 casos de nepotismo cruzado. Confira. Se algum vereador escapou da lista, me avise, leitor/leitora.

1. Henderson Pinto

Partido: DEM
Cargo na Câmara: líder do governo na Casa.
Familiares no governo: Darlea Walquiria Machado Pinto (esposa), Adson Lira Pinto (irmão), Vianey Pinto de Lira (tio), Aldalene da Silva Pinto (cunhada), entre outros.

2. Antonio Rocha

Partido: PMDB
Cargo na Câmara: presidente da Casa.
Familiares no governo: José Antonio Rocha (PMDB)

3. Maria José Maia

Partido: DEM
Cargo na Câmara: faz parte da base governista
Familiares no governo: Maria Maia Matos, a Mariquinha (irmã) e ainda tem um filho na folha da PMS.

4. Ronan Liberal Jr

Partido: PMDB
Cargo na Câmara: faz parte da base governista
Familiares no governo: Talita Liberal (esposa).

5. Tadeu Pereira

Partido: DEM
Cargo na Câmara: vice-líder do governo na Câmara.
Familiares no governo: Maria de Jesus dos Reis Pereira (esposa).

domingo, 16 de abril de 2017

Vasco é campeão da Taça Rio e provoca Botafogo: "Três títulos em cima do rival valem música?"

Cruzmaltino venceu o Alvinegro por 2 a 0, com direito a gol de Luis Fabiano, e conquistou o segundo turno do Campeonato Carioca

Vasco venceu o Botafogo e foi campeão da Taça Rio (Reprodução/Vasco)
 Vasco se sagrou campeão da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, neste domingo (16 de abril). Com gols de Douglas e Luis Fabiano – o primeiro do Fabuloso com a camisa cruzmaltina –, o Gigante venceu o Botafogo, que jogava com reservas, e levantou o caneco no Nilton Santos. 
Em suas redes sociais, o clube da Colina não exitou em relembrar as últimas decisões do Estadual provocar o Alvinegro – os títulos do Estadual conquistados pelo Vasco em 2015 e 2016 foram justamente em cima do Botafogo.
A equipe levará R$ 1 milhão para São Januário pela conquista. Não há vantagem para a semifinal do Carioca, no próximo sábado (22), contra o Fluminense.
O jogo – A partida começou em ritmo veloz e aos quatro minutos, o Botafogo criou a primeira chance quando Gilson cruzou, da esquerda, e Sassá cabeceou para fora. O Vasco respondeu com um bom lançamento de Douglas para Luis Fabiano, mas a marcação atrapalhou e o atacante chutou para fora.
O Botafogo ficava mais tempo com a bola enquanto o Vasco tentava bloquear as investidas e atacar com lançamentos longos. Aos sete minutos, Leandrinho cruzou e Igor Rabelo, livre, cabeceou para fora, desperdiçando outra boa oportunidade.

O Vasco voltou a ameaçar aos 17 minutos em chute de Andrezinho que Helton Leite defendeu com segurança. Depois dessa jogada, o Vasco passou a atuar de forma mais ofensiva;. Aos 23 minutos, após cruzamento de Gilberto, Luis Fabiano subiu mais do que a zaga, mas cabeceou para fora.
Depois de um início muito movimentado, a partida caiu de ritmo, com os dois times prendendo mais a bola e pouco se arriscando no ataque.
Aos 32 minutos, Dudu Cearense derrubou Douglas na entrada da área. Nenê tentou a jogada ensaiada, mas Sassá impediu que a bola chegasse a Luis Fabiano.
Aos 37 minutos, Leandrinho perdeu a bola na intermediária e após um corte defeituoso de Renan Fonseca, Luis Fabiano chutou prensado para defesa tranquila de Helton Leite. Um minuto depois, Guilherme cruzou e Bruno Silva cabeceou para grande defesa de Martín Silva, desviando para escanteio. Logo depois, Leandrinho sentiu um problema muscular e teve que ser substituído. O jogador do Botafogo deixou o campo chorando muito.
Aos 40 minutos, Luis Fabiano foi derrubado na entrada da área. Antes da cobrança, Rodrigo e Marcelo se desentenderam e provocaram grande confusão entre os jogadores das duas equipes. Nenê bateu e a bola desviou na barreira.
O segundo tempo começou com o Botafogo se projetando ao ataque e após bola perdida por Andrezinho, Gilson arriscou, da intermediária, e mandou longe do gol defendido por Martín Silva. O Vasco respondeu com um lançamento longo para Luis Fabiano, mas Helton Leite saiu do gol e afastou o perigo.
Em lances sucessivos, Botafogo e Vasco tiveram chances para concluir, mas Guilherme e YagoPikachu concluíram mal.
Aos oito minutos, após cruzamento na área, Luis Fabiano subiu mais do que Renan Fonseca e cabeceou com muito perigo.

O Vasco ficava mais tempo com a bola e utilizava os laterais para colocar mais força no seu ataque. O Botafogo mantinha Sassá isolado e encontrava dificuldades para organizar jogadas ofensivas.
Aos 18 minutos, Marcelo derrubou Guilherme Costa, recebeu o segundo cartão amarelo e foi excluído da partida. Para recompor a defesa, o técnico Jair Ventura substituiu o atacante Guilherme pelo volante Fernandes que passou a ocupar a lateral direita.

O Vasco dominava completamente e o Botafogo apenas se defendia, sem qualquer organização ofensiva. Só aos 30 minutos é que Sassá conseguiu ganhar pelo alto de Rafael Marques, mas Martín Silva, atento, tirou de cabeça. A resposta cruz-maltina foi imediata. Após cruzamento na área, Helton Leite desviou a bola que sobrou para Luis Fabiano, de puxeta, mandou para fora.
O Botafogo só ameaçava em bolas paradas. Após levantamento na área, Bruno Silva cabeceou e Martín Silva fez grande defesa, evitando o gol botafoguense.
Aos 37 minutos, Douglas, na pequena área, cabeceou para grande defesa de Helton Leite. Luis Fabiano apanhou o rebote e bateu forte, mas a bola bateu no ferro que sustenta a trave.
A pressão aumentou e , aos 41 minutos, o Vasco marcou o primeiro gol. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Douglas que, livre na área, bateu de pé direito para marcar o primeiro gol.
O Botafogo desanimou e acabou sofrendo o segundo gol aos 48 minutos. Anderson Manga investiu pela
esquerda e tocou para Luis Fabiano, livre, marcar seu primeiro gol com a camisa do Vasco. Após o apito final, Bruno Silva ofendeu o árbitro e recebeu cartão vermelho.

FICHA TÉCNICA
VASCO 2 X 0 BOTAFOGO

Local: Estádio Nilton Santos
Data: 16/04/2017
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Silbert Sisquim e Jackson Massarra

Cartão Amarelo: Yago Pikachu, Rodrigo, Guilherme Costa, Douglas, Nenê(Vas); Matheus Fernandes, Bruno Silva, Marcelo, Dudu Cearense, Fernandes (Bota)
Cartão Vermelho: Marcelo e Bruno Silva (Bota)

Gols:
VASCO: Douglas, aos 41 e Luis Fabiano aos 48 minutos do segundo tempo

VASCO: Martín Silva, Gilberto, Rafael Marques, Rodrigo e Henrique (Wagner); Jean, Douglas, Andrezinho (Guilherme Costa), Nenê e Yago Pikachu (Manga Escobar); Luis Fabiano.
Técnico: Milton Mendes

BOTAFOGO: Helton Leite, Marcelo, Renan Fonseca, Igor Rabello e Gilson; Bruno Silva, Matheus Fernandes, Dudu Cearense e Leandrinho (Pachu); Guilherme (Fernandes) e Sassá (Vinicius Tanque)
Técnico: Jair Ventura

Criança cai em máquina de lavar e morre no Marajó

Criança cai em máquina de lavar e morre no Marajó (Foto: Via WhatsApp)
Uma criança de dois anos e meio foi encontrada morta dentro de uma máquina de lavar em uma casa no município de Breves, no Arquipélago do Marajó, no início da manhã do último sábado (15). A morte está sendo tratada como acidental.
De acordo com informações de familiares, o garoto morava em uma casa com mais seis irmãos, a mãe e o padrasto, em uma residência atrás do cemitério Recanto da Paz.
A família tinha acabado de tomar café da manhã, e a mãe do garoto estava cuidando do caçula da casa, uma criança de colo. A máquina de lavar fica no quintal da residência, onde as outras crianças estavam brincando.
Ao ver a máquina de lavar espumar, o menino de dois anos e meio tentou pegar a espuma com uma caneca. Para isso, ele teria subido em algumas cordas e se inclinado sobre a máquina.
A criança caiu no equipamento e foi resgatada alguns minutos depois por um dos irmãos dele e pelo padrasto, de acordo com a família. Eles ainda tentaram realizar primeiros socorros na vítima, sem sucesso.
O menino ainda foi levado para o Hospital Municipal de Breves, mas chegou ao local sem vida. Segundo laudo médico, a causa da morte, inicialmente, foi afogamento.
Ainda não há informações se a polícia está realizando investigação sobre a morte da criança.
(DOL com informações de Marcos Onias/RBATV)

sábado, 15 de abril de 2017

QUE CULTURA!!!

HERRAR É UMANO

Vasco e Botafogo decidem a Taça Rio por primeiro troféu em 2017

Vasco e Botafogo decidem neste domingo, às 16 horas, no estádio Nilton Santos, o segundo turno do Campeonato Carioca. Já classificados para a fase decisiva da competição, as duas equipes lutam por mais um troféu em suas galerias.
O Vasco tem o objetivo de se tornar o maior vencedor da Taça Rio. Atualmente, está empatado com o Flamengo com nove conquistas cada. O Botafogo aparece com sete títulos. O Gigante da Colina pretende quebrar um longo jejum, já que venceu pela última vez em 2004, enquanto o Glorioso foi campeão em 2013. Em caso de empate no tempo normal, o título será decidido na disputa de pênaltis.
O Vasco vive uma fase de ascensão técnica desde que Milton Mendes assumiu o comando da equipe no lugar de Cristóvão Borges. E o treinador acredita que a conquista da Taça Rio será muito importante para o grupo, apesar de reconhecer que o troféu perdeu importância no modelo atual.

Luis Fabiano poderá reforçar o Vasco (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)













“É muito melhor estar na história do que estar fora dela. A Taça Rio é um título tão importante quanto qualquer outro. Será uma felicidade grande para todos aqui se formos campeões”, disse o comandante do Vasco.
Durante a semana, Milton Mendes trabalhou para tornar mais eficiente o sistema ofensivo, uma vez que a defesa vive um bom momento, sofrendo apenas dois gols em cinco partidas. Para reforçar ainda mais o setor, o treinador poderá contar com o atacante Luis Fabiano, que foi beneficiado por um efeito suspensivo e tem presença garantida no clássico.
Em relação ao Botafogo, Milton acredita que Jair deve escalar uma equipe diferente do que venceu na Colômbia, mas disse que espera as mesmas dificuldades, já que o adversário é uma equipe bem organizada e bem treinada, como tem mostrado nas últimas partidas em que atuou com uma equipe alternativa.
No Botafogo, o técnico Jair Ventura só deve definir a equipe no dia da partida. Parte da delegação regressou nesta sexta-feira de Medellín, trazendo três pontos na bagagem e Rodrigo Pimpão lesionado. A tendência é de que o treinador repita a escalação da equipe que derrotou o Fluminense nas semifinais da Taça Rio.

Jair Ventura não contará com todos os atletas (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Jair disse que o grupo será avaliado pela comissão técnica, mas garantiu que vai escalar um time forte para honrar a camisa do Alvinegro de General Severiano. Helton Leite, Igor Rabello, Gilson, Bruno Silva, Fernandes, João Paulo, Leandrinho, Guilherme e Sassá integraram o grupo que esteve na Colômbia e que deverão participar do jogo decisivo.
Jair explicou a divisão do grupo para as duas partidas.”Não queremos correr riscos, mas não tem jeito. Jogar um clássico, com a chance de termos a primeira conquista do ano, é importante”, declarou o comandante.
FICHA TÉCNICA
VASCO X BOTAFOGO
Local: estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16 de abril de 2017, domingo
Horário: 16 horas
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Silbert Sisquim e Jackson Massarra
VASCO: Martín Silva, Gilberto, Rafael Marques, Rodrigo e Henrique; Jean, Douglas, Andrezinho, Nenê e Yago Pikachu; Luis Fabiano.
Técnico: Milton Mendes
BOTAFOGO: Helton Leite, Fernandes, Renan Fonseca, Igor Rabello e Gilson; Bruno Silva,Matheus Fernandes Joao Paulo e Leandrinho; Guilherme e Sassá.
Técnico: Jair Ventura

BARBALHO EM MAUS LENÇÓIS

LAVA JATO – Mirando na sucessão de 2018, Helder enfrenta o desafio de minimizar os danos da suspeita

Helder Barbalho, ministro do governo Temer: atropelado pela suspeita
de também locupletar-se no propinoduto patrocinado pela Odebrecht. 

Filho e herdeiro político do senador Jader Barbalho, o morubixaba do PMDB no Pará e um dos hábeis articuladores do partido no Congresso Nacional, o ministro Helder Barbalho, da Integração Nacional, vive o desafio de minimizar os danos por responder a inquérito no STF, o Supremo Tribunal Federal, na esteira da Operação Lava Jato, sob a suspeita de beneficiar-se do propinoduto da Odebrecht. Candidato natural do PMDB ao governo do Pará nas eleições de 2018, ele é acusado de, sob o  codinome “Cavanhaque”, ter recebido R$ 1,5 milhão da construtora na sucessão estadual de 2014, quando foi derrotado no segundo turno, por minguada diferença de votos, pelo governador Simão Jatene (PSDB), recentemente cassado pela Justiça Eleitoral por abuso de poder econômico, em sentença da qual ainda cabe recurso(Leia aqui). Jatene, diga-se, está às vésperas de ser julgado pelo STJ, Superior Tribunal de Justiça, na esteira do escândalo da Cerpa, no qual é acusado de ser beneficiário de um propinoduto da cervejaria, que irrigou sua campanha ao governo em 2002, em troca de isenções fiscais, consumadas quando o tucano instalou-se no Palácio dos Despachos (Leia aqui), um escândalo que não poupou sequer o ex-governador Almir Gabriel, reconhecido como pessoalmente probo (Leia aqui). Se Jatene é o ícone da tucanalha, a banda podre do PSDB, cujos sucessivos governos legaram ao estado uma sucessão de escândalos de corrupção e índices sociais pífios, Helder carrega a mácula de representar uma oligarquia cujo expoente é Jader Barbalho, cujo nome é associado a recorrentes denúncias de falcatruas (Leia aqui), embora, pelo carisma e sagacidade, seja a mais longeva liderança política da história do Pará.

Como vereador e prefeito de Ananindeua, além de deputado estadual, Helder Barbalho pavimentou sua trajetória no rastro do prestígio do pai, a cujos problemas de saúde, pelos quais foi compelido a se afastar do segundo turno da campanha eleitoral de 2014, é debitado o tropeço eleitoral do herdeiro político no confronto com Jatene, na última sucessão estadual. Aliado histórico do PT, Jader tratou de catapultar o filho a ministro dos Portos de Dilma Rousseff, a quem Helder abandonou diante da iminência do naufrágio do impeachment, seguindo o pai, cumprindo um script de fisiologismo que o levou ao status de ministro da Integração Nacional do governo Temer. O Ministério da Integração Nacional, previsivelmente, serve para Helder Barbalho não só manter a visibilidade, como também, e sobretudo, se contrapor a escandalosa utilização da máquina administrativa estadual pelo governo Simão Jatene, peculiaridade histórica datucanalha. Com Jatene desgastado pela cassação, com o agravante de ter ficado inelegível por oito anos, o prefeito da capital, o tucano Zenaldo Coutinho, sub judice, sob a ameaça de cassação, resta saber se os danos amargados pelo PSDB igualam-se ou superam o desgaste de Helder Barbalho estar sob a suspeita de ter usufruído do balaio de corrupção da Odebrecht (Leia aqui).

terça-feira, 11 de abril de 2017

Às vésperas de depor, Lula diz que Moro ‘cumpre um papel importante na história’

https://www.facebook.com/Lula/videos/1279183992150598/
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira, 7, em entrevista à rádio O Povo, do Ceará, que está "ansioso" para depor ao juiz federal Sérgio Moro, no dia 3 de maio, em Curitiba. "É a primeira oportunidade que vou ter de saber qual é a acusação e a prova que tem contra mim", afirmou Lula, que transmitiu a entrevista ao vivo pela sua conta no Facebook. Lula disse também que Moro "cumpre um papel importante na história do País". "A única coisa que eu condeno nisso tudo é utilizar a imprensa para condenar as pessoas previamente, antes de haver provas", afirmou o ex-presidente.


"A única coisa que ouvi até agora é 'não esperem prova, tenho convicção'. As pessoas não podem dizer que têm convicção, é preciso mostrar", disse Lula, em referência à suposta declaração do procurador Deltan Dallagnol, que viralizou na internet, quando apresentou a denúncia contra Lula.

10/10 SLIDES

Sobre o julgamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que pode levar à cassação da chapa Dilma-Temer, Lula definiu como "uma certa confusão política desnecessária no Brasil". "O PSDB (partido autor do processo) deveria ter pensado no que está fazendo no Brasil. Você tentar, nessa altura do campeonato, cassar a Dilma que já foi cassada? Penso que a desgraça que tinha de ser feita contra Dilma eles já fizeram, que foi inventar uma mentira da pedalada."

quinta-feira, 6 de abril de 2017

JURADO DE MORTE

Deputado Bordalo está jurado de morte (Foto: Ricardo Amanajás/Diário do Pará)
Relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que confirmou, em 2015, a atuação de grupos de extermínio em Belém e em outros municípios paraenses, o deputado estadual Carlos Bordalo (PT) revelou que ele e seus familiares estão ameaçados de morte.
Ele subiu à tribuna da Assembleia Legislativa ontem de manhã para relatar que foi procurado na semana passada em seu gabinete por uma pessoa de confiança e avisado de que há um “comando” prometendo matar ou ele, ou seu filho e também ativista político, Felipe Bordalo, ou a namorada do parlamentar, a advogada Juliana Fonteles.
O petista deve registrar um Boletim de Ocorrência nos próximos dias e buscou a presidência da Alepa para comunicar a situação e pedir apoio.

(Diário do Pará)

Itaituba terá áreas de manejo sustentável


Itaituba terá áreas de manejo sustentável (Foto: Divulgação)
O Governo Federal realiza, desde ontem, as duas primeiras audiências públicas sobre a concessão de 295 mil hectares das Florestas Nacionais (Flonas) de Itaituba I e II, localizadas em Itaituba e Trairão, no oeste do Pará. 

“Estimamos uma elevação no PIB (Produto Interno Bruto) da região em pelo menos 3% ao ano. Isso representa um impacto permanente, que promove o desenvolvimento sustentável da região”, disse o economista Henrique Dolabella, gerente de concessões florestais do Serviço Florestal Brasileiro, órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente.

Segundo ele, serão cerca de R$ 50 milhões de faturamento anual esperados a partir das operações florestais, tributos anuais de R$ 15,7 milhões, sendo R$ 5,5 milhões para o Estado do Pará e receita para municípios de R$ 1,8 milhão. Além disso, 1.600 empregos diretos e indiretos deverão ser gerados a partir da concessão. A área a ser concedida corresponde a 47% da área total das flonas, que somadas chegam a 625 mil hectares. As audiências públicas representam o primeiro passo para dar início ao processo licitatório, que está previsto para o 2º semestre deste ano. 

A concessão integra o Plano de Desenvolvimento Sustentável (PDS) para a área de influência da BR-163 e prevê um conjunto de políticas públicas estruturantes, baseada na crença de que é possível conciliar crescimento econômico e integração regional com justiça social e uso sustentável dos recursos naturais. 

PRESERVAÇÃO

“A melhor forma de preservar a floresta é fazer o manejo sustentável. Garantindo a rastreabilidade dessa madeira explorada e fiscalizando para que ela ocorra dentro dos parâmetros pré-estabelecidos, estamos evitando o desmatamento e a exploração ilegal”, comentou Dolabella.

Para ele, apesar de não estar descartado o uso dessas regiões para exploração de produtos não-madeireiros, a predominância do preço alto da madeira no mercado, (especialmente a madeira com rastreabilidade e georreferenciador, como é o caso), não deve abrir espaço para outros produtos. “Ainda assim, se o concessionário quiser produzir açaí, por exemplo, será necessária abrir uma consulta junto às comunidades tradicionais para evitar conflito de renda e competição desleal com produtores daregião”, explicou. 

As audiências públicas têm como objetivo a apresentação da proposta do edital de concessão, coleta das contribuições e prestar esclarecimento sobre eventuais dúvidas da população dos municípios e dos demais interessados no processo. As contribuições também podem ser feitas pelo site do Serviço Florestal Brasileiro, até o próximo dia 21.

(Kelly Lima/Diário do Pará)

-QUE CULTURA!!!

HERRAR É UMANO

Seleção volta a ocupar 1º lugar no ranking Fifa

Seleção volta a ocupar 1º lugar no ranking Fifa (Foto: Reprodução)
A Fifa (Federação Internacional de Futebol) divulgou nesta quinta-feira (6) seu ranking e revelou que a Seleção Brasileira está de volta à primeira colocação, após sete anos de ausência no topo.
A equipe do treinador Tite retorna ao topo da lista após vencer as últimas oito partidas das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018 e garantir, com quatro rodadas de antecedência, uma vaga para a competição que será disputada na Rússia.
   
Já a seleção da Argentina, que faz uma campanha irregular nas Eliminatórias, caiu uma posição e vem logo abaixo do Brasil, enquanto a Colômbia subiu duas colocações, ficando em quinto lugar. As informações são da agência de notícias EFE.
   
Confira os dez primeiros colocados no ranking da Fifa: Brasil, Argentina, Alemanha, Chile, Colômbia, França, Bélgica, Portugal, Suíça e Espanha.

(Agência Brasil)

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Brasil de todas as Copas

Brasil de  todas as Copas (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Brasil. Cinco títulos mundiais de futebol, única seleção presente em todas as Copas e gerações inesquecíveis de jogadores que, se não triunfaram, entraram para a história e para o imaginário do torcedor, como a de 1982 e sua constelação de craques. Também há dramas, claro. O Maracanazzo é uma ferida de difícil cicatrização até hoje, passados 67 anos. Já o 7 a 1 para a Alemanha está recente e estamos em pleno processo de recuperação moral. Um processo muito bem encaminhado, com a vaga na Rússia, em 2018, conquistada de forma antecipada e pioneira. Ninguém mais - tirando a anfitriã - já está lá. Uma trajetória que começou tortuosa, com Dunga no comando técnico, e que se mostrou mágica após Tite assumir o cargo.
A euforia da torcida com os jogos do Brasil está de volta com força total. Tite equiparou taticamente a seleção com o futebol moderno apresentado pelas principais seleções e times do mundo, fortalecendo o jogo coletivo e fazendo transparecer o valor individual de nossos atletas. Admiração e respeito foram, portanto, reparados. Tanto da parte do próprio torcedor brasileiro, quanto dos nossos adversários, que voltaram a nos temer dentro de campo.
À frente do grupo, Neymar (foto). Muito jovem, ele foi alçado à protagonista da seleção brasileira, o único capaz de salvar o time nacional da mediocridade. Tropeçou algumas vezes, faltou cabeça, principalmente. Mas, agora, ele está mais maduro e parece pronto para comandar o Brasil, quem sabe entrando para o rol de campeões mundiais. Fora que, hoje, não é mais só ele. O time ajuda e tudo fica mais fácil. A projeção é de que a seleção possa crescer de rendimento ainda mais e atingir seu ápice na Copa do ano que vem. O hexa não parece mais tão distante assim...
(Carlos Eduardo Vilaça/Diário do Pará)

O homem que mudou o jogo da seleção brasileira

O homem que mudou o jogo da seleção brasileira (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Adenor Leonardo Bachi. Para a família, apenas Ade, um sujeito simples, apaixonado por futebol desde garoto e que agrega todos ao seu redor. Para o resto do mundo, Tite (foto), apelido que assumiu após Luiz Felipe Scolari confundi-lo com outro atleta amador e levá-lo para o Caxias, na época em que os dois ainda não haviam ultrapassado as fronteiras do Rio Grande do Sul. 
As notas medianas na escola e uma carreira sem brilho como jogador, não deixaram entrever que Tite seria, hoje, uma unanimidade no Brasil. Afinal, aos 55 anos, ele é o responsável direto por toda a comoção em torno da seleção brasileira, que, não faz muito tempo, era tratada como uma verdadeira religião nesse país, que tem suas bases sociais e culturais intrinsicamente ligadas ao futebol. Uma importância que foi diminuindo com fracassos acumulados e corrupção desenfreada na CBF. Mas Tite, religioso que é, uma herança da mãe, dona Ivone, e devoto de São Jorge, vem conseguindo restaurar a fé do povo na seleção. Pelo menos no que se refere às quatro linhas.
HISTÓRICO
Com passagens marcantes pelo Grêmio e Internacional, onde conquistou a Copa do Brasil de 2001 e a Copa Sul-Americana de 2009, respectivamente, foi no Corinthians que o treinador despontou de vez, levando o clube paulista à inédita conquista da Libertadores da América, além do Mundial de Clubes e dois Campeonatos Brasileiros. 
A leitura moderna de jogo, posta em prática de forma exemplar por seus times, ficou evidente e com ela a certeza de que Tite seria o único técnico brasileiro capaz de recolocar a seleção nos trilhos. Expectativa que vem se cumprindo com louvor. Bom futebol e excelentes resultados voltaram a fazer parte da nossa rotina. Nas Eliminatórias, assumiu com o time em 6º lugar. De lá para cá, foram 8 jogos e 8 vitórias, 24 gols marcados e apenas 2 sofridos. O temor de que o Brasil ficasse pela primeira vez de fora da Copa do Mundo se dissipou num passe de mágica. A classificação veio fácil. Graças a Tite!
O ESQUEMA DE TITE
-Ao assumir, Tite optou pelo esquema que mais domina, o 4-1-4-1 do Corinthians campeão brasileiro de 2015. Casemiro passou a ser o único volante, como era Ralf no Corinthians. À frente, na linha de 4, Philippe Coutinho, após barrar Willian, virou o meia pela direita, com liberdade para buscar o meio. Exatamente como Jadson no Corinthians. Na esquerda, joga Neymar, com característica de atacante, assim como era Malcom no time paulista. Pelo centro, Renato Augusto repetia sua função no time campeão de 2015. Tem ao lado Paulinho, habituado a trabalhar com Tite e capaz de marcar e de se aproximar do ataque, como Elias. A execução, é claro, foi facilitada por ter, na seleção, os melhores do país. 
- Para fazer a bola sair da defesa e chegar ao ataque através de passes e triangulações, era preciso criar alternativas de saída de bola. A seleção passou a ter, ao menos, três jogadores fazendo a saída da bola. Pode ser com um dos laterais alinhado aos zagueiros; pode ser com Casemiro junto aos defensores ou se movimentando para ser opção de passe; ou, ainda, com o recuo de um dos meias para iniciar jogadas. A partir daí, o jogo se orienta para a aproximação de jogadores perto do homem da bola, criando sempre, ao menos, duas opções de passe. A troca de passes horizontal perto da zona defensiva busca encontrar espaço entre as linhas de marcação rival. Quando ocorre, dá lugar a um passe vertical, e o jogo ganha velocidade.
(Carlos Eduardo Vilaça/Diário do Pará)

Açaí faz bem para a cabeça

Açaí faz bem para a cabeça (Foto: Thiago Araújo/Acervo)
Uma iguaria paraense que faz sucesso no Brasil todo, o açaí já foi associado ao melhor controle do colesterol e à prevenção do câncer. Agora, pesquisadores da Universidade Federal de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, e da Universidade de Toronto, no Canadá, adicionam outra façanha à lista: a possível melhora no quadro de transtorno bipolar.
É que o extrato do fruto reverteu, em laboratório, uma disfunção nas mitocôndrias, organelas que produzem energia para as células – na doença, elas acabam liberando os perigosos radicais livres. “Além disso, houve redução na inflamação”, conta o biomédico Alencar Kolinski Machado, um dos brasileiros envolvidos no projeto. “Sabemos que indivíduos bipolares têm uma ativação inflamatória crônica”, informa.
Como tirar proveito
De acordo com Machado, é provável que o consumo do fruto (e não só do extrato) já traga vantagens. Um estudo demonstrou, por exemplo, que 120 mililitros do suco por dia promoveram um efeito anti-inflamatório capaz de amenizar a dor. O açaí na tigela cairia igualmente bem, pois contém a polpa do alimento. Basta evitar certos acompanhamentos, como xarope de guaraná e leite condensado. Prefira frutas naturais e um pouco de mel – e não abuse da granola.
DOL