RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

terça-feira, 31 de março de 2015

Pará x Mato Grosso: um século de litígio

Clique para obter OpçõesNo ano de 1900, mais precisamente em 7 de novembro, Pará e Mato Grosso assinaram um documento denominado de “CONVENÇÃO DE LIMITES ESTABELECIDOS ENTRE OS ESTADOS DE MATO GROSSO E PARÁ”, que delimitou o Salto das Sete Quedas como marco geográfico para efeito de divisão territorial entre os dois estados e Governo Federal. Segundo o documento, os limites territoriais ficaram fixados através de uma linha reta que vai do Salto de Sete Quedas, (depois denominada de Cachoeira das Sete Quedas) atualmente conhecida como Cachoeira Rasteira no São Manuel (o Teles Pires) até a margem esquerda do Rio Araguaia, no ponto mais ao norte da ilha do Bananal, tomando como base um trabalho desenvolvido pelo Marechal Cândido Rondon.

Em 14 de outubro de 1909 através da Lei nº 1.080 o governo paraense reconheceu a convenção e o governo de Mato Grosso também validou a mesma convenção pela Lei nº 578 de 11 de outubro de 1911.  No ano de 1922 foi elaborada a primeira Convenção Internacional de Cartas Geográficas. Na época os estudos foram realizados pelo Clube de Engenharia do Rio de Janeiro-antigo IBGE- que adotou a Cachoeira das Sete Quedas e não o Salto das Sete Quedas como ponto inicial de fronteira entre os dois estados. 

Buscando resolver este litígio institucional em 10 de agosto de 1981, Pará e Mato Grosso mais uma vez sentaram na mesa de negociação e subscreveram o PROTOCOLO DE TRATAMENTO, objetivando a definição de seus limites territoriais. No documento confiaram ao Serviço Cartográfico do Exército ou à Comissão Brasileira Demarcadora de Limites, ou a outro órgão Federal que coubesse a competência, a implantação de linha geodésica estabelecida no Decreto nº 3.679 de 08 de janeiro de 1919.

Em 2004 o Governo de Mato Grosso impetrou uma Ação Civil Ordinária contra o Governo do Pará, alegando que a fronteira teria sido definida em 1900 por uma Convenção entre os dois Estados A ação contestou os limites da divisa entre os Estados e pediu uma perícia para definir os limites territoriais, que foi deferida em abril de 2010 pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Melo, relator da Ação Civil Ordinária determinando que o trabalho técnico fosse realizado num prazo de 120 dias.

Em 16 novembro de 2011 o diretor do Serviço Geográfico do Exército Brasileiro, General-de-Divisão Pedro Ronalt Vieira em atendimento à determinação do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator da Ação Civil Ordinária (ACO 714) que trata da demarcação dos limites territoriais entre Pará e Mato Grosso, concluiu o ludo pericial com 387 páginas. 

De acordo com o documento a área em questão teve seu domínio pacificamente conferido ao Pará, sem nenhuma contestação, em estudo de demarcação feito pelo IBGE em 1900. “Por fim, considerando que o fundamento principal da Perícia foi buscar s documentos utilizados pelas partes para realizar o acordo e formalizar a Convenção de Limites em 1900 e que novas técnicas de medição e de obtenção de coordenadas não mudam a localização física do acidente considerado como referência este perito afirma: O que houve com a nomenclatura dos acidentes ‘Salto das Sete Quedas’ e ‘Cachoeira das Sete Quedas’ foi apenas uma mudança de toponímia; e o acidente acordado como ponto de limites oeste entre os Estados do Pará e Mato Grosso, na Convenção  de Limites de 07/11/1900. Aprovada pelo Decreto nº 3.679 de 08/01/1919, é o ponto denominado nesta Perícia como sete quedas sul de coordenadas 9o 22’S e 56o 40’ W Gr (SIRGAS 2000), denominado até 1952 como ‘Salto das Sete Quedas’ e a partir desse ano como ‘Cachoeira das Sete Quedas’ nos mapas e cartas modernos”, diz o Laudo.

Já o Governo de Mato Grosso diz que a demarcação da área foi feita de forma equivocada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e impugnou judicialmente o laudo do Serviço Geográfico do Exército Brasileiro

Já a defesa do Estado do Pará, sustentada pela Procuradoria-Geral do Estado-PGE, está amparada em farta e consistente documentação, incluindo provas constituídas por laudos, mapas, fotografias, documentos, filmagens do local e análise jurídica. Um ponto em particular chama a atenção na peça jurídica preparada pela PGE. Trata-se da situação de ocupação no vizinho Estado, provocando a expansão do desmatamento no Mato Grosso em direção ao Estado do Pará. Com isso, ganhou corpo o temor do avanço da fronteira agrícola daquele Estado sobre as terras atualmente pertencentes ao patrimônio fundiário do Pará.
Em março deste ano a Juíza Janaína Rebucci Dezanetti da concedeu Liminar favorável Paranaíta-MT em atendimento a ação que propôs a procuradoria daquele município pedindo a suspensão do ISSQN da empresa construtora da Usina São Manoel que recolhia aos cofres do município de Jacareacanga. De acordo com a magistrada a Liminar será válida até a decisão judicial na Ação Civil movida por Mato Grosso contra o Pará, que pede a demarcação da divisa entre os dois Estados. A decisão está agora com o STF que vai determinar a quem pertence o espaço territorial em litígio, se ao Pará ou a Mato Grosso.
Clique para obter Opções
Para o prefeito Raulien Queiroz, não há dúvida sobre a soberania do Pará e de Jacareacanga na área em questão. De acordo com o prefeito a assessoria jurídica do município está trabalhando para derrubar a liminar de Paranaíta. “Sem sombra de dúvidas o interesse de Paranaíta é financeiro. Uma vez que o canteiro de obras da Usina São Manoel está dentro do território jacareacanguense. Não vamos abrir mão do que é nosso por direito”, disse Raulien Queiroz.
O prefeito esteve no último dia 25 em Belém acompanhado do advogado Emanuel Pinheiro Chaves, onde se reuniu com o Presidente da Assembleia Paraense-ALEPA, deputado Márcio Miranda/DEM e com o deputado estadual Eraldo Pimenta/PMDB. A pauta foi o litígio entre Parnaíta/MT e Jacareacanga/PA. De acordo com Queiroz, Márcio Miranda se sensibilizou com o assunto e vai somar esforços para que a questão se resolva o mais breve possível.


Texto: Nonato Silva

segunda-feira, 30 de março de 2015

SOLIDÃO DE MÃE!!!

COMO DÓI O CORAÇÃO DE UM FILHO QUE NÃO TEM MÃE

NOVE ANOS DE DUREZA, SAUDADE, PERDA, E SOLIDÃO DE MÃE
Jamais te esqueceremos mãe amada - Você não nos ensinou a lhe esquecer!

REAÇÃO E ÓDIO

José Dirceu tem suspeita de AVC e milhares pedem a sua morte
Reação ao suposto problema de saúde do ex-ministro reflete o nível do debate político no Brasil, onde mensagens de ódio extremo são tratadas com naturalidade
por Lino Bocchini — publicado 27/03/2015 18:42, última modificação 27/03/2015 18:43

Algumas das mensagens de ódio atingiram mais de dois mil "likes" no Facebook em duas horas

No final da tarde desta sexta-feira 27 José Dirceu deu entrada em um hospital de Brasília com a suspeita de estar com um princípio de AVC.  Sem maiores detalhes sobre o estado de saúde do ex-ministro, sites publicaram a notícia e a publicaram em suas redes sociais.

Foi o suficiente para uma enxurrada de comentários de ódio brotarem nas redes sociais pedindo a morte de Dirceu, muitas delas com requintes de crueldade. Outros pediram também a morte da presidenta Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula. Abaixo reproduzo alguns comentários que conseguiram, o apoio de mais de 500 pessoas (“likes”) em apenas duas horas de Facebook:

“Você vai conseguir vencer essa! Força AVC!!”
“Estamos juntos AVC. Não mata não por favor, só deixa ele vegetativo, cagando na cama.”
“Morre que passa.”
“#SomosTodosAVC”
“O demônio tá vindo buscar!”
“A Dilma leva vantagem pois como não tem cérebro nunca vai ter AVC!!!”
“Que morra e volte para buscar Dilma e Lula.”
“A chapa quente do inferno tá prontinha pra ele a para o molusco.”

São frases fortes, e peço desculpas por reproduzi-las. Acredito, contudo, que neste caso a reprodução é justificável, para ilustrar o tamanho da irracionalidade e do ódio.
Curiosamente, muitos dos perfis autores destas mensagens ou seus apoiadores são pessoas que se dizem cristãs e têm imagens religiosas em meio a seus perfis. E ainda defendem a paz, a família, um mundo melhor...
Muitos dos comentários inclusive evocam a religiosidade para pedir a morte de José Dirceu:
“Glória a Deus, minhas preces foram atingidas.”
“Deus é pai, aqui se faz, aqui se paga.”
"DEUS. Faça ele ser atendido no SUS por um dos médicos cubanos que dará o diagnóstico de virose e ele será enviado para casa e morrerá dentro de poucas horas. Amém!"

Não quero entrar no mérito sobre a conduta de José Dirceu, o que ele fez ou deixou de fazer. Não é disso que se trata esse artigo. Também não defendo a censura de ninguém. Tampouco pretendo atacar a fé de quem quer que seja.

Este breve texto é apenas um convite à reflexão. A que ponto chegamos? Quando perdemos totalmente nossa humanidade a ponto de ser normal alguém falar publicamente algo como “Não mata não, só deixa ele vegetativo, cagando na cama” e receber o apoio de mais de mil pessoas em menos de uma hora?

Como será possível continuarmos debatendo não apenas política, mas qualquer assunto nesses termos? É com este tipo de debate sério que iremos melhorar o Brasil?

E, o pior de tudo, a publicação deste artigo deverá gerar ainda mais mensagens de ódio, comprovando que quem está doente não é o ex-ministro. É a sociedade.


sábado, 28 de março de 2015

MPF PEDE JULGAMENTO ANTECIPADO PARA DEMARCAÇÃO DA T. I. SAURE MUYBU

O Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça Federal que faça o julgamento antecipado do processo que discute a demarcação da Terra Indígena Sawré-Muybu, dos índios Munduruku, na região de Itaituba, sudoeste do Pará. É essa região que o governo federal planeja alagar com a usina hidrelétrica de São Luiz do Tapajós. A pressão para que a terra não seja demarcada parte do setor elétrico e a disputa é em torno da simples publicação do Relatório Circunstanciado de Identificação e Delimitação (RCID), pronto desde o ano de 2013 e que permitiria somente o avanço da demarcação e não sua conclusão.


A Fundação Nacional do Índio, a quem cabe conduzir o procedimento, recusa-se a publicar o relatório, oficialmente por motivos de “orçamento” e “planejamento”, mas em reunião com os Munduruku, pouco antes de sair da presidência da Funai, Maria Augusta Assirati confessou publicamente o real motivo: para não atrapalhar o projeto de barragem do rio Tapajós. “Isso é uma estratégia de governo. O nosso papel é defender os direitos de vocês, mas têm órgãos dentro do governo que têm como prioridade, sim, construir a hidrelétrica”, disse.

No pedido de julgamento antecipado, o MPF ressalta que a publicação do RCID não esgota o procedimento de demarcação – ao contrário, é o que inicia as contestações e o exercício do contraditório. Quanto maior a demora, sustenta o procurador da República Camões Boaventura, mais vulnerabilizados ficam os Munduruku diante das invasões de garimpeiros e madeireiros. Os próprios índios, diante da omissão da Funai, promovem desde o ano passado um procedimento de autodemarcação, em que percorreram o território e detectaram dezenas de pontos com a presença de invasores retirando madeira. Há ainda um garimpo inteiro, denominado Chapéu do Sol, com 300 pessoas retirando ouro e causando severos danos ambientais.

O MPF demonstrou, durante o processo, que vários dos argumentos apresentados oficialmente pela Funai para justificar a demora na publicação do relatório são inverídicos. Ao contrário do que afirma a Fundação, existe prazo de 15 dias, definido no decreto 1.775/96, para a publicação do RCID. A Funai alega ainda que existe uma programação para as demarcações e que no período entre 2012 e 2015 o planejamento teria priorizado as demarcações nas regiões centro-sul, sudeste e nordeste, enquanto que na Amazônia o planejamento prevê políticas de fiscalização e monitoramento territorial e ambiental.

“Tal declaração causa espanto e estarrecimento naqueles que confiam nas leis e na justa e necessária luta pelo reconhecimento de direitos! Fica claro, a partir do que fora transcrito acima, que há uma infeliz inversão de valores no Estado brasileiro. Afinal, não cabe à autarquia indigenista o dever legal de delimitar/demarcar territórios indígenas? Por que razão suplantar as leis, em especial a Constituição Federal de 1988, e condicionar um direito absoluto a interesses e atores estranhos ao procedimento normatizado? Só mesmo em um país onde as leis são descartáveis, como ocorre no Brasil, que um direito constitucionalmente assegurado é simplesmente negligenciado face a ingerência de interesses políticos e econômicos”, diz o MPF

Outro argumento da Funai, de limitações orçamentárias, é contraditado com um parecer da 6a Câmara de Coordenação e Revisão do MPF, que comparou os valores orçamentários destinados à regularização fundiária indígena entre 1988 e 2012 e constatou que na maioria dos anos analisados, a Funai tinha mais dinheiro autorizado do que foi capaz de gastar. Portanto, há verbas sobrando para demarcação de terras indígenas.

Além da continuidade da demarcação, o processo do MPF busca também indenização por danos morais coletivos em favor dos Munduruku da terra Sawré Muybu, pelas inúmeras violações de direitos que vêm sofrendo em virtude da omissão da Funai em garantir o direito fundamental ao território. Se a Justiça concordar com o julgamento antecipado, o processo não precisará de novas provas ou argumentações e pode passar imediatamente à fase de sentença.

Ministério Público Federal no Pará /Assessoria de Comunicação 


quinta-feira, 26 de março de 2015

Justiça Federal envia processo contra ex-prefeito para comarca de Alenquer

gabriel Veloso

Fim de tramitação na Justiça Federal em Santarém para um dos processos (improbidade administrativa) ajuizado no ano passado pelo prefeito de Alenquer, Flávio Marreiro, contra o ex-prefeito João Piloto Filgueiras (PSDB).

É que o juiz Érico Pinheiro, ao declinar competência, determinou o envio dos autos da ação para comarca de Alenquer, a quem caberá processar e julgar o ex-gestor ximango.
Ontem (25), a papelada foi encaminhada ao juiz Gabriel Veloso de Araújo (foto), o nº 1 do Judiciário em Alenquer
Extraido do Blog do Jeso

quarta-feira, 25 de março de 2015

ÉGUA ITAJAERA! CUIDADO COM PICADURA DE COBRA

IBAMA VAI FECHAR FRIGORIFICOS EM ITAITUBA: FRIVATA E FRIARA


Se quisesse, o município já teria resolvido a questão do funcionamento dos frigoríficos Frivata e Friara, mas a administração municipal tem mostrado que tem um lado na questão, tem defendido o fechamento do Friara, em detrimento ao Frivata. Isto tem sido demonstrando em todos os momentos, em que o Friara tenta solucionar suas pendencias para reabrir.
A mais nova investida da administração municipal contra o Friara, foi agora o indeferimento da liberação do SIM. O proprietário do frigorifico Frivata, José Lemos, denunciou à Secretaria de Agricultura do município, que o Friara possui um embargo do IBAMA, e baseada na denuncia, a SEMAGRA negou a liberação do SIM ao Friara.
Acontece que o próprio Frivata, que denunciou o embargo do Friara, também está embargado pelo IBAMA, conforme certidão nº P7GWB1GB6X8G54V8, emitida em 13 de Março de 2015, e está funcionando normalmente.

Esta decisão de embargo efetuada pelo IBAMA é ambiental, e não cabe à Secretaria de Agricultura se manifestar, mas à Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Mas como a administração tem um só objetivo, manter fechado o Frigorifico Friara, perdeu o controle da situação e todo mundo falando a mesma língua, não estão nem ai para a legalidade, da competência das secretarias.


Uma coisa é certa, o embargo do IBAMA é para os dois frigoríficos, e segundo uma fonte do IBAMA, tanto o Friavata quanto o Friara deveriam estar fechados. O município vem fazendo vista grossa contra o Frivata, mas o IBAMA deverá fechar, já que denuncias foram formuladas ao órgão.
Blog do Norton Sussuarana
_____________
Remendo RP

Parece brincadeira o que se  oferece à municipalidade de Itaituba com relação a brigalhada dos diabos entre os frigoríficos e cujo o penalizado não são os empresários ou investidores dos empreendimentos e sim a população que mesmo incomodada sem  nada poder fazer a não ser contemplar a celeuma, torce  com a tão sonhada solução já que a carne que deverá sofrer súbita majoração de preços com os frigorificos fechados  terão os bois abatidos em matadouros clandestinos e de fundo de quintais, pois é assim que nossas autoridades inertes querem.

Meu caro e ousado amigo Norton,  duro, mas não leviano, abre artilharia pesada contra a Prefeita Eliene, que elege um frigorifico em detrimento de outro, e ao final contribui para a desinteligência que penaliza o povo.

Resultado de imagem para cobra+boi+chargesEstamos em Itaituba voltando aos tempos em que se amarravam cachorros com linguiça, e que o saudoso Chico Índio, desfilava pelo Hugo de Mendonça com um satânico rabo  intercalado por notas de dinheiro, pois depois de um progresso inimaginável que nossa região sofreu, depois que as instituições democráticas se fortaleceram para solidificar o Estado Democrático de Direito, voltamos no tempo em que para provar a sanidade de um "Chifrudo"  que teria suas carnes disputadas por quem tivesse grana, mesmo que magérrimo, seu proprietário desfilava por dois dias consecutivos, pelas principais ruas da cidade para provar que o mesmo seria abatido e que não morrera de acidente ofídico, pois segundo reza a lenda, que o animal morto por picadura de cobra é improprio para consumo humano.

Ao que parece o assunto para a Prefeita passa ao largo, ja que um imbróglio todo desse que coloca em risco de desabastecimento a mesa do povo, ela pouco ou quase nada fez durante esse longo tempo para contribuir para a resolução desse problema que beira mesmo a ficção. Será que não interessa à gestora municipal o funcionamento dos dois empreendimentos que produziriam alem de carnes de qualidades, renda e emprego para os munícipes?

Uma dica para a Eliene: -Não dê prefeita tanta margem ao Norton... Ele tem razão e cada dia fica mais pávulo... 



A MÃE DE TODAS AS INFÂMIAS

Nesses 35 anos de existência, o PT comporta-se como boa parte dos nossos políticos: Com oportunismo, cinismo, demagogia, mentiras, e escândalos tenebrosos e semanais, que envergonham brasileiros sérios e tornam o Brasil motivo de escárnio e chacota no mundo. Esse partido, cuja a fundação à época foi feita provavelmente por homens e mulheres sérios, nutridos por sentimentos democráticos e sociais foi tomado por toda a sorte de aventureiros, bandidos e corruptos, e esses tomaram de assalto as rédeas do poder no país. O PT de hoje virou a "Mãe de todas as infâmias" - Ricardo Ottoni Figueiredo - Veja (Leitor)
____________
Ilustração alcançada na web - RP

Jesus "aparece" em montanha colombiana e causa polêmica

Reprodução

Por  | Eita! – 3 horas atrás

-QUE CULTURA!!! (HERRAR É UMANO)

segunda-feira, 23 de março de 2015

TCU julga embargos de declaração do ex-prefeito de Óbidos

jaime-silvaO TCU (Tribunal de Contas da União) julga na próxima quarta-feira (25) os embargos de declaração do ex-prefeito de Óbidos Jaime Silva (PMDB – foto) à decisão da corte que manteve reprovada da prestação de contas dele de 2004, relativa aos programas federais PNATE (transporte escolar) e EJA (educação de jovens e adultos).
Os embargos de declaração não tem força de reformar a decisão do TCU, de agosto do ano passado.
Tão somente poderão sanar contradição, omissão ou obscuridade levantada pelos advogados do ex-gestor obidense.
Jaime Silva é um dos nomes mais fortes em Óbidos à sucessão do prefeito Mário Henrique (SD). A candidatura dele, no entanto, esbarra na inelegibilidade.
No ano passado, o nome de Jaime saiu na lista dos fichas sujas (inelegíveis) do TCU entregue ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).
 - Blog do Jeso

Os aplicativos que você precisa ter no seu celular

Domingo, 22/03/2015, 09:12:45 - Atualizado em 22/03/2015, 09:12:

Se você acabou de comprar um smartphone novo e não sabe o que baixar, procurar os aplicativos mais “comuns” e “úteis” pode ser um grande desafio – são centenas de opções em todos os cantos, para tudo que você quiser.
A roda da inovação também faz com que cada vez mais tenhamos opções para turbinar nossos celulares. Quase todos os grandes aplicativos que temos atualmente nasceram em start-ups, empresas recém-lançadas justamente com o intuito de fazer os aplicativos. Empreender e inovar é muito mais fácil na era digital.
Funções mais básicas, como e-mail, já vem integradas ao smartphones e não precisam ser baixadas. Estar nesta lista não significa que estes aplicativos são os melhores ou os mais baixados, apenas que cada um supre as mais básicas necessidades de uma pessoa com smartphones.
Nenhum deles é pago e a grande maioria deles está disponível tanto em aparelhos Android quanto em aparelhos da Apple. Muitas vezes também não é necessário mais de um aplicativo para cada função. Porém, em outros casos, é bom ter mais de um, já que fazem coisas diferentes, como acessar redes sociais distintas. Confira:
1) Rede Social – Facebook, Twitter, Instagram
A maior rede social do mundo também é um dos principais aplicativos de todos – já que permite vê-la a qualquer momento. Twitter e Instagram também chamam a atenção do usuário, mas a base de usuários é menor.
2) Comunicação – WhatsApp, Messenger e Hangouts
Novamente, o Facebook domina essa categoria, com dois aplicativos. O WhatsApp usa sua base de contatos no celular para trocar mensagens e o Messenger usa a lista de amigos do seu perfil na rede, tomando o lugar das trocas de mensagens do antigo programa da empresa. Já o Hangouts, do Google, integra suas conversas com as do G-Talk, presente no Gmail, por exemplo.
3) Finanças – GuiaBolso
Nesta categoria, a melhor opção no Brasil é o GuiaBolso, que organiza seus gastos e facilita o entendimento das suas finanças. Disponível para Android e iOS, ele sincroniza automaticamente com suas contas de banco e cartões de crédito e calcula exatamente quanto dinheiro você tem disponível.
4) GPS – Waze
Antigamente, um GPS apenas te ensinava a chegar nos lugares. O Waze é diferente, e revolucionou esse tipo de tecnologia ao incluir um aspecto “social”, que permite a visualização do trânsito em tempo real. Assim, o uso do Waze é mais constante, já que ele te ensina a chegar em outro lugar através da rota mais rápida, naquele momento.
5) Táxi – 99Taxi e Easy Taxy
Mesmo que você use carro constantemente, ter um aplicativo de táxi geralmente ajuda muito. Com eles, é possível pedir um táxi em qualquer momento do dia, em qualquer lugar (já que o GPS do celular mostra para o taxista onde você está). Eles ajudam também a pedir táxis com a forma de pagamento que você utilizará, afinal, encontrar um taxi para quem não tem dinheiro na carteira geralmente é difícil. Aqui, apenas um deles bastaria.
6) Delivery de Alimentos – iFood, Hellofood e PedidosJá 
Pedir a pizza do domingo também fica mais fácil através desses programas, que cumprem praticamente a mesma função. Diversos restaurantes possuem aplicativos próprios, mas esses três mostram diversos estabelecimentos da sua região – e te ajudam a encontrar novos lugares para pedir comida.
7) Música – Spotify e Pandora
Ouvir música também é uma das principais funções dos celulares. Com o Pandora, você consegue ouvir uma rádio “personalizada”, enquanto o Spotify te ajuda a encontrar as músicas que você quiser e ouvir da nuvem. A versão paga do Spotify também permite que você salve as músicas no seu celular para ouvir quando você não tiver conexão com a internet.
8) Viagem – TripAdvisor
Viajou? O aplicativo do TripAdvisor pode ser uma mão na roda para que você encontre os melhores restaurantes e atrações da cidade em que você está. Colaborativamente, você consegue as melhores dicas e também dar dicas, além de contar com um GPS integrado que lhe ajudará a achar os lugares que você busca.
9) Entretenimento – Netflix, jogos 
Estar na sala de espera do médico pode ser um saco, mas se você tem uma boa conexão wi-fi ou 4G, pode assistir um episódio de série no Netflix – que tal House of Cards? Jogos como o Clash of Clans, Angry Birds e Sim City também podem ser uma mão na roda para passar o tempo.
10) Anti-vírus – AVG, Avast
Você também não quer encher o seu celular de vírus, então o ideal é ter um anti-vírus. O AVG e o Avast são leves, ficam ativos o tempo todo e podem ajudar a proteger suas informações.
Bônus: Pacote Google
Se você for usuário de um iPhone, terá que baixar os programas do Google. O aplicativo do Gmail é mais cômodo que o integrado do e-mail e o Google Maps é superior ao de mapas da Apple. Além disso, o Drive, o Hangouts, o Youtube e mais alguns outros também estão disponíveis e são boas alternativas.
(DOL com informações do InfoMoney)

Corrupção parece ter tomado conta de setores do PT, diz Marina Silva

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, publicada ontem (22), a ex-candidata à Presidência da República Marina Silva (PSB) afirma que o PT abandonou a política e que a corrupção parece “ter tomado conta de setores importantes do partido”. 

Segundo Marina Silva, “é evidente que a presidente, seu governo e os partidos que a apoiam terão muita dificuldade de sair do beco em que se meteram”. “O principal problema é que governo e o PT abandonaram a política como forma de negociar, dialogar, mobilizar e propor um projeto para o país. Não há um plano, e as dificuldades não são referentes à execução de um projeto”, analisou a ex-presidenciável. LEIA MAIS no Blog O Mocorongo

domingo, 22 de março de 2015

Justiça bloqueia bens do prefeito de Tucuruí

Também houve bloqueio de bens de ex-secretária municipal de Educação e de dono de empresa de transporte


A Justiça Federal decretou o bloqueio de 1,6 milhão do prefeito de Tucuruí, Sancler Antônio Wanderley Ferreira, da ex-secretária municipal de Educação Marivani Ferreira Pereira e do empresário Sidcley Albuquerque de Freitas. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), os três são responsáveis por irregularidades na contratação de transporte escolar para alunos do município.

A decisão, do juiz federal Heitor Moura Gomes, foi assinada no último dia 13 e está sendo encaminhada a cartórios e ao Banco Central desde esta quarta-feira, 18 de março. Segundo a decisão liminar (urgente) a indisponibilidade de bens foi decretada para garantir o pagamento de multa em eventual condenação por enriquecimento ilícito ou violação aos princípios da administração pública.

De acordo com a ação assinada pelo procurador da República Luiz Eduardo de Souza Smaniotto, o prejuízo de R$ 1,6 milhão aos cofres públicos foi provocado pela falta de licitação para contratação do transporte escolar e irregularidades na prestação dos serviços e no pagamento de aditivos ao contrato com a empresa S.A. de Freitas EPP.

Realizada em 2009, a contratação deveria ter durado até 2012, mas foi indevidamente prorrogada até 2015, denunciou o MPF. A ação também relata que os barcos, destinados ao transporte de alunos da rede pública municipal moradores das ilhas do lago da usina hidrelétrica de Tucuruí, não são próprios para o transporte de crianças, faltam kits de primeiros socorros e os condutores não são habilitados.

As denúncias do MPF foram baseadas em fiscalizações realizadas pelo Conselho Gestor do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), pela Secretaria de Estado da Educação e por inspeção realizada pela Promotoria de Justiça de Tucuruí, do Ministério Público do Estado.

O MPF também pediu à Justiça a perda da função pública dos acusados, perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa civil e proibição aos acusados de fazerem contratos com o poder público. A Justiça ainda não terminou a análise desses pedidos. 

Processo nº 0000506-02.2015.4.01.3907 - Justiça Federal em Tucuruí

Acompanhamento processual:

Ministério Público Federal no Pará
Assessoria de Comunicação

sábado, 21 de março de 2015

IR 2015: baixe os programas de preenchimento e envio da declaração


RP facilitando a vida do contribuinte


Para fazer a declaração do Imposto de Renda 2015 (ano-base 2014), é preciso obter os programas de preenchimento e envio da Receita Federal. Faça o download aqui no UOL, conforme o sistema operacional de seu computador.

Versão Windows:

Versão Mac:

Versão Linux 32 bits:

Versão Linux 64 bits:

Versão Solaris:

Versão multiplataforma:

Os programas também podem ser baixados na página da Receita Federal na internet (www.receita.fazenda.gov.br).
Escolha a versão conforme o sistema operacional de seu computador (Windows, Mac, Linux etc.). Há dois programas para cada sistema: um para fazer a declaração e outro para enviá-la (Receitanet).
Veja instruções sobre os programas, segundo a Receita Federal
  • A máquina virtual java (JVM), versão 1.6 ou superior, deve estar instalada, pois programa desenvolvido em Java não pode ser executado sem a JVM . A máquina virtual pode está no site do Java (http://zip.net/blqTfh). LEIA MAIS...

-QUE CULTURA!!! (HERRAR É UMANO)


Marinha recebe inscrições até dia 30


Sábado, 21/03/2015, 08:07:54 - Atualizado em 21/03/2015, 12:48:54
Segue aberto até 30 de março o período de inscrições para o concurso público do Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais da Marinha, o qual oferta 1.860 vagas, sendo 372 delas reservadas a candidatos negros – não há reserva para deficientes. Os aprovados serão lotados em Belém/PA, Rio Grande/RS e Ladário/MS, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA, Manaus/AM, Natal/RN e Brasília. 
Pode participar quem tem nível fundamental, idade entre 18 e 21 anos, e altura entre 1,54m a 2,00m. As inscrições podem ser feitas pelo site da Marinha. A taxa custa R$ 12. 
Os candidatos aprovados no concurso, e classificados dentro do número de vagas, deverão se matricular no curso de formação, na condição de recruta fuzileiro naval, com salário de R$ 642.
São 17 semanas de treinamento, a partir de fevereiro de 2016, que será feito em Brasília ou no Rio de Janeiro, em regime de internato e dedicação exclusiva até a formatura.
Se aprovado no curso, o candidato será nomeado Soldado Fuzileiro Naval com remuneração inicial de R$ 1.587 (hum mil, quinhentos e oitenta e sete reais).
Haverá provas escritas no dia 26 de maio, inspeção de saúde, teste de suficiência física e exame psicológico. 
(com informações do Correio Web)

Gatos e Gatas

"Em Itaituba, a ocorrencia de ligações clandestinas e fraudes nos relógios são absurdos".


Assim se manifestou um funcionário da Rede-Celpa, em conversa informal com este blogger recentemente.
Também relatou que quase (e por que não todos) sempre os estabelecimentos hoteleiros, danceterias, bares e serrarias estão fraudando (e isto é crime!) as contas de energia. Queimam o contador através de uma artimanha e comunicam a ocorrência para religação imediata. Aí, como a empresa demora até 60 (sessenta) dias para recolocar um novo relógio e o "empresário" fica pagando uma taxa simbólica, economizando um "troco" elevado.
Contou-me que, de um determinado hotel, já trocou o contador mais de 4 vezes por conta desta artimanha. 
Uma liminar local está impedindo certas ações corretivas da empresa no município de Itaituba.
É claro que a empresa, onde não tem nenhum "santo", faz suas estrepolias também. Inclusive cobrando multas indevidas e não pagando os tributos ao município.

E o que tem as gatas com isso, perguntaria um mais interessado?
Bom, gatas sempre parem novos gatos...
_______Extraído do Blog do Jubal