RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

domingo, 30 de novembro de 2014

INSTALADA CPI EM APUI(AM) PARA APURAR DENUNCIAS CONTRA VEREADOR

Vídeos são investigados pela Polícia Civil (Foto: Reprodução)

Câmara aprova CPI para investigar vereador em vídeos de sexo

Parlamentar de Apuí aparece em gravação com duas adolescentes. 
Resultado da CPI deverá ser divulgado após cerca de 90 dias.

A Câmara Municipal de Apuí, município distante 435km de Manaus, decidiu por unanimidade na noite desta segunda-feira (17), abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o vereador Jadson de Oliveira Martins (PSB), suspeito de gravar vídeos de sexo com adolescentes. A CPI deve reunir provas e ouvir testemunhas durante os próximos 90 dias. A reportagem tentou contato com o vereador suspeito, mas ele não atendeu aos telefonemas ou respondeu as mensagens enviadas pela equipe.
De acordo com o presidente da Câmara, vereador Vagner Luiz da Silva (PROS), Jadson Martins já está afastado de suas funções, que serão assumidas por um suplente. Os cinco vereadores da casa que podiam votar decidiram pela implantação da CPI. "Como presidente da casa eu não posso votar, e temos um vereador que está viajando, além do denunciante e do denunciado, que também integram a Câmara" explicou Vagner da Silva.
A CPI será presidida pelo vereador João Raimundo Martins "Bleque" (PR). O relator será o vereador Cleves Pires dos Santos (PC do B) e terá como membro o vereador Marcos Antonio Alves Lima (Solidariedade). Segundo Vagner Luiz da Silva, os trabalhos na CPI começam já nesta terça-feira (18). A CPI pode resultar na cassação do vereador.
O vereador Dirlan Gonçalves Souza (Pros), que fez a denúncia, comemorou a instalação da CPI. "Espero que a comissão dê o parecer favorável conforme a denúncia, pois este caso é uma mancha para o legislativo de Apuí", disse
Entenda o caso
O vereador do município de Apuí é suspeito de aliciar menores de idade. As investigações iniciaram após a divulgação de vídeos em que ele aparece supostamente gravando cenas de sexo explícito com duas adolescentes. As imagens se espalharam na cidade. Uma das vítimas filmadas é sobrinha do vereador do município Dirlan Gonçalves (PROS). O parlamentar entrou com pedido de cassação do colega. Segundo a polícia, as vítimas têm 15 e 16 anos.
Em entrevista ao G1, o titular da delegacia de Apuí, Francisco Rocha, contou que familiares de uma das vítimas formalizaram a denúncia na última sexta-feira (14). "A família chegou à delegacia com dois vídeos pornográficos do parlamentar com duas adolescentes. Já ouvimos as duas meninas e comprovamos que são menores de idade - uma de 15 e outra de 16 anos", informou.
Os vídeos que chegaram à polícia serão encaminhados ainda nesta semana a dois peritos do município para avaliar a veracidade das imagens. "Eles serão capazes de analisar se houve fraudulação do material que está circulando pelo município. Caso a autoria do crime seja comprovada, ele será autuado como determina o Artigo 240 do Estatuto da Criança e do Adolescente - que trata da filmagem de menores de idade em cenas pornográficas", contou.
Nas imagens investigadas, as jovens pedem para que o homem pare de filmar, mas ele mantém a câmera ligada. Em determinado momento, o rosto do suspeito é filmado beijando uma das adolescentes.
FONTE: G1

O GATO COMEU?

Em discurso na tribuna da Câmara Federal dia 19 passado o Deputado Federal Dudimar Paxiúba questiona a gestora municipal de Itaituba Eliene Nunes: - Cadê o dinheiro? Vejam a transcrição do discurso.


 Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, gostaria, nesta tarde, de abordar um assunto que, sinceramente, não me deixa nada feliz. Refiro-me às obras públicas que estão em curso ou por se iniciar lá no oeste do Estado do Pará, mais especificamente na minha querida cidade de Itaituba. Só para que os senhores e as senhoras tenham uma ideia do quanto é grave esse problema, nós alocamos recursos da ordem de 1 milhão de reais para que, finalmente, nós tivéssemos restaurado o prédio da antiga Prefeitura, um prédio histórico, onde durante muitas décadas funcionou o complexo administrativo da Prefeitura de Itaituba. Esse recurso está à disposição da Prefeitura de Itaituba na Caixa Econômica Federal desde o ano passado, porém, até hoje, pasmem, Sras. e Srs. Deputados, nós ainda não conseguimos sequer iniciar a obra de restauração daquele magnífico prédio.
Mas a situação mais gritante e preocupante não é essa. A situação mais preocupante é que nós não conseguimos obter informação de órgão algum. A Caixa Econômica é uma verdadeira caixa-preta, inviolável. Você não sabe a quem se dirigir para obter uma resposta, eu diria, convincente, de onde está esse recurso, se ele já foi liberado para a Prefeitura, se continua na conta da Caixa Econômica, enfim, onde está o dinheiro?
Nos moldes em que a TV Globo vem fazendo todo domingo, no programa Fantástico, nós perguntamos também: onde está o dinheiro que foi alocado por esse Parlamentar para restauração do antigo prédio da Prefeitura de Itaituba? Está na Caixa Econômica? Já foi liberado para a Prefeitura? A Prefeitura já licitou e contratou a empresa que será responsável por esse trabalho, por essa obra de restauração do prédio? Enfim, nós queremos saber.
Eu faço agora a pergunta diretamente à nobre gestora do Município, Profa. Eliene Nunes: "Profa. Eliene Nunes, onde se encontra o dinheiro? O que está faltando para que nós, pelo menos, iniciemos essa obra de restauração do antigo prédio da Prefeitura?"
A população não pode mais esperar. Nós não sabemos sequer onde V.Exa. despacha: se é no aeroporto, se é no prédio da Travessa 15 de Agosto, se é na sua residência. E nós temos um recurso alocado, um recurso disponibilizado por este Parlamentar, para que Itaituba tenha uma sede administrativa decente, e possamos nos orgulhar das linhas arquitetônicas daquele prédio. E o dinheiro não aparece, não aparece, Deputado Lúcio Vale.
Eu estou cansado. A população do meu Município também. Há necessidade de os técnicos do Ministério das Cidades, Pasta responsável pela liberação de recursos, fazerem urgentemente uma fiscalização, iniciarem uma auditoria para que nós possamos descobrir para onde foi parar o dinheiro, onde está, onde se escondeu esse recurso público.
Escândalo no Brasil não é só o da PETROBRAS, não. O escândalo neste País permeia todos os Estados, todos os órgãos, independentemente do órgão responsável, tanto na esfera nacional quanto na estadual e na municipal.
Portanto, Sr. Presidente, há necessidade urgente de nós termos uma resposta por parte da Prefeitura de Itaituba e da Caixa Econômica: onde está o dinheiro que foi alocado para restauração do antigo prédio da Prefeitura?
Sr. Presidente, peço a divulgação deste pronunciamento no programa A Voz do Brasil e nos meios de comunicação desta Casa. 
Muito obrigado.
______
Imagem alcançada no Blog Politica com Pimenta Malagueta

sábado, 29 de novembro de 2014

ÍNDIOS MUNDURUKU SITIAM FUNAI EM ITAITUBA REIVINDICANDO DIREITOS

Itaituba - Indígenas da etnia Munduruku, do médio Tapajós, protestando contra o faz de conta da Fundação Nacional do Índio - Funai, sitiaram  pela manha a Coordenação dessa instituição e prolongam a invasão e permanencia até que direitos adquiridos sejam-lhes garantidos e com brevidade pela demarcação de suas terras que ocupam por tempos em que a memoria não alcança na foz do Jamanxim.


O grande Projeto Sepulcral para Munduruku que são as barragens no curso do Tapajós, está para o Governo Dominador Vermelhomuito mais importante que acudir pobres almas miseráveis, que teimam em viver nas ribeiras do Tapajós clamando que ao menos lhes garantam terras para sobreviverem, terras de posse permanente desse grupo tribal por tempos imemoriais que hoje estão sendo subtraídas de seus domínios, sem terem ao menos direito a reparação por tantos danos morais, culturais que sofrem.


A Funai de Itaituba, nada pode fazer, e o que fazer?, quem manda é Brasilia, que para os indígenas parece outro pais. Para se ter uma ideia do descaso  com o povo indígena de nossa região, a Coordenação da Funai de Itaituba incumbida de gerir a assistência ou assessoramento aos indígenas principalmente os seres  do Tapajós, nada faz principalmente por falta absoluta de recursos para tal finalidade. Não adianta planejar ações ja que a execução não é garantida dotação. O descaso por parte de Brasilia, é tão obvio que a Administração Central até hoje deixa sua Coordenação em Itaituba sem um comandante ja que sequer nomeou  uma pessoa para comandar o órgão.


Volto a referir-me ao desastroso (para os indígenas) Governo Rubro que (des)governa este país por 12 anos e que nesse período sepultou o espirito imortal do indigenismo para implementar seus projetos que em nada beneficiará o povo desta região. Ha pouco tempo  fomos sobressaltados pela omissão criminosa de nossos governantes em se abandonar em local incerto e não sabido cinco almas desaparecidas em uma pequena aeronave, ocasião em que bradou-se forte para se implorar  envio com a finalidade de se encontrar o avião desaparecido alguns dos milhares de soldados armados amados ou não, e nenhum foi encaminhado para essa missão HUMANITÁRIA, por falta de recursos para deslocar e alimentar a tropa, justificaram os  Generais de Guerra e nesse ínterim o mesmo Governo Rubro Desavergonhado, encaminhou uma força tarefa contendo mais de 200 homens fortemente armados para garantir estudo de impacto ambiental na região de Jacareacanga, para que 3 biólogos trabalhassem  tranquilos sem serem incomodados por protestos dos Munduruku; O aparato bélico fazia-se necessário, pois serviria para conter os ânimos de alguns silvícolas que se salientassem...

Olhando um pouquinho mais pelo retrovisor, como diria Aécio Neves, fazem somente dois anos, que um comando de força desproporcional entrou em uma Aldeia (região do Rio S. Manuel)  onde velhos e crianças foram judiados Fisica, moral, material e culturalmente por uma foça federal, pincipalmente velhos sendo surrados, culminando com o assassinato do índio Adenilson Krixi, ocasião em que um voluntarioso comandante da Policia Federal, deflagrou no indigena dois tiros em suas pernas que o deixaram imobilizados e depois segundo o que se coloca na imprensa um tiro de misericórdia na cabeça.Crê-se   que a ação monstruosamente desproporcional do Comandante, foi por verificar que o indígena estava munido com uma arma letal e perigosíssima e que precisava mortalmente atingi-lo. Ah a arma do indígena? uma perigosa lasca de pau. Ja imaginaram? Ha pouco tempo saiu o veredicto judicial inocentando o assassino do indígena. Valha-nos quem mesmo? Crimes contra a vida, salvo melhor juízo dos nobres causídicos de plantão, são  submetidos à Juri Popular e o julgamento desse policial não se tornou publico pelo que se sabe.

Voltando a ocupação da Funai, gostaria de dar uma receita importante para que os ousados índios respeitassem os brancos, não invadissem órgãos como Funai e Sesai, e a receita é simples: CUMPRAM COM AS PROMESSAS CELEBRADAS, NÃO MINTAM, ASSUMAM COMPROMISSOS QUE POSSAM ATENDER; OS ÍNDIOS SÃO SÉRIOS EM SEUS COMPROMISSOS E COMPORTAMENTOS, E NOSSAS AUTORIDADES QUEREM  QUE OS INDÍGENAS SEJAM SEUS IGUAIS: MENTIROSOS, PILANTRAS E QUE TRABALHEM COM O FAZ DE CONTA.

____
Imagens alcançadas na WEB

ISSO...ISSO...ISSO...!

"Roberto, você não vai, permanece em meu coração e em todos os corações de tantos a quem fez feliz. Adeus Chaves para sempre", disse no Twitter Edgard Vivar. (Seu Barriga)

São Luiz do Tapajós: a história vai cobrar pela omissão dos covardes e dos oportunistas


Por: Jota Parente

Tem um velho ditado que diz: não falte, para que seu chefe não perceba que sua falta não faz falta. Isso serve, tanto para modestos empregados que gostam de deixar o patrão na mão, quanto para aqueles nos quais o povo depositou sua confiança, constituindo-os como seus representantes por meio do voto.
Ontem, no ato que aconteceu na vila de São Luiz do Tapajós, como jornalista, observei que não apareceu nenhum político, com ou sem mandato, de Santarém, nem tampouco de Itaituba. Como não apareceram, não foram lembrados e assim, passaram batidos como se não existissem.
Parece que apenas eu, por dever de ofício, notei isso, uma vez que ninguém levantou essa questão. Nenhum vereador, nenhum deputado federal ou estadual nenhum representante do poder Executivo presente.
Alguém pode me dizer, se souber responder, o que é que passa pela cabeça desse pessoal? As obras do complexo de usinas do Tapajós estão quase chegando, e Itaituba continua inerte. Essa inércia de muitos, por só conseguir enxergar o próprio umbigo, e por ganância da parte de outros, tem tudo para custar muito caro para este município.
E não foram só os políticos, não, que não apareceram. De empresário de Itaituba, que eu lembre, só o presidente da CDL, Davi Menezes participou. Aliás, também foi sentida a ausência de entidades, pois embora o presidente do Fórum de Entidades tenha estado lá, quanto mais presidentes ou outros representantes fossem, mais força teria o movimento.
Os portugueses enganavam os índios, após o descobrimento do Brasil, trocando espelhinhos por riquezas naturais. Aqui, o pessoal do Diálogo Tapajós, que veio para cá em nome de uma “convivência harmoniosa” entre as comunidades e os futuros construtores, com seu jeitinho macio, vem conseguindo deixar muitos comunitários bonzinhos. Ontem, em plena vila, poucos de São Luiz deixaram suas casas para participar do ato. O Padre Edilberto Sena disse em uma entrevista que fiz com ele para o meu programa, O Assunto É Este, que vai ao ar todo sábado na Alternativa FM, que esse Diálogo Tapajós é uma desgraça. Falou que esse pessoal deveria sentir vergonha do que está fazendo.
Produzir energia significa fomentar a geração de mais riqueza, mas, riqueza para quem, somente para o pessoal do Sul e do Sudeste, enquanto ficamos aqui servindo apenas como almoxarifado dos bacanas de lá?
Existem muitos que continuam muito mal informados em Itaituba, que acham que aqui vai correr leite e mel. Todo mundo vai ganhar dinheiro como no tempo do auge do garimpo. São pessoas que não procuram se informar, pois se o fizessem, ficariam assustadas ao saberem que tem pequenos empresários que já se mudaram de Altamira para Itaituba, porque não suportaram o vertiginoso crescimento de violência naquela cidade, onde está sendo construído Belo Monte. Se prestassem atenção no que está acontecendo lá, concluiriam que Itaituba é Altamira, amanhã.
E os políticos, hein, porque será que eles não foram? Os que são do lado da Dilma eu ainda compreendo, por que eles tem medo de levar puxão de orelha da chefe, mas, os que rezam na cartilha da oposição ao governo federal, porque não deram as caras?
Reportando-me especificamente a Itaituba, terça-feira que vem, na primeira sessão ordinária da semana, provavelmente os vereadores vão falar de problemas em algumas ruas, vicinais que precisam de manutenção, pontes que estão quebradas, e outras coisas do varejo. Não que isso não seja importante, mas, é que neste momento há algo muito maior em jogo, e esse pessoal não está se dando conta disso. Esse pessoal do Legislativo, nem do Executivo.
Como diz o advogado José Antunes, os homens e mulheres públicos de Itaituba precisam pensar grande. Chega desse pensamento pequeno, chega de pedir migalhas, enquanto devemos concentrar nossas forças para pedir grande.
Ou é agora que a gente se mobiliza para conseguir conquistas grandes e permanentes para este município, no momento em que a obra da hidrelétrica de São Luiz está para ser licitada, e podem ter certeza que não vai demorar muito para começar, ou vamos legar para as próximas gerações, uma Itaituba que vem escrevendo sua história patinando na incompetência das suas lideranças.
A história é inclemente. É possível iludir a muitos, hoje, mas, no julgamento da história, aqueles que não tiverem combatido o bom o bom combate, como disse Paulo de Tarso, terão que justar contas com ela.


TUDO DOMINADO!Dirceu pode passar Natal em Minas, mas não viajar a trabalho

Blog O Mocorongo 

O ex-chefe da Casa Civil José Dirceu, condenado à prisão na Ação Penal 470, o processo do mensalão, ganhou uma notícia boa e outra ruim neste fim de ano. Ele poderá passar o Natal e o Reveillón na casa da mãe, no interior de Minas Gerais, mas não conseguiu o direito de fazer viagens a trabalho. O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, disse que presos em regime domiciliar só podem viajar em casos específicos e por curto tempo, já que a liberação se trata de medida excepcional.

Desde o início de novembro, Dirceu (foto) cumpre pena em Brasília, fora do Complexo Penitenciário da Papuda, por ter alcançado um sexto da pena. Ele pediu para ir a Passa Quatro (MG), onde mora a mãe que não vê há um ano, “pois diante de sua idade avançada — 94 anos — ela não tem condições físicas de viajar”.

O ex-ministro queria passar as festas de fim de ano com a mãe e dois irmãos entre os dias 21 de dezembro e 4 de janeiro. Em decisão da última quarta-feira (26/11), Barroso concordou com a viagem, mas encurtou o período — de 23 de dezembro a 2 de janeiro.

“Na situação específica, sendo a genitora do requerente senhora de idade avançada, cuja vinda para o Distrito Federal não é viável, considero caracterizada situação excepcional, a justificar a ida do sentenciado a seu encontro”, avaliou o ministro. Dirceu, porém, não poderá deixar a casa da mãe nessas datas.

Na mesma decisão, Barroso manteve a proibição de que o ex-chefe da Casa Civi faça viagens para cuidar de sua empresa de consultoria. Uma autorização de embarque para São Paulo havia sido concedida pela Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, sem comunicação ao STF. O ministro, relator da Ação Penal 470, já havia suspendido a liberação no último sábado (22/11). “Entendo que ‘tratar de assuntos administrativos da empresa por ele constituída’ não caracteriza a excepcionalidade aqui exigida“, afirmou.
Comentário RP
Aos amigos a lei. Aos inimigos os rigores da lei. Para você, essa frase faz sentido?

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

GRUPO EM MAUS LENÇÓIS

MP processa prefeito e mais 8 vereadores de Vitória do Xingu por corrupção


Vando Amaral
O MP (Ministério Público) do Pará ofereceu ação penal contra o prefeito de Vitória do Xingu, Vando Amaral (PPS – foto), do secretário municipal de Planejamento e Finanças, Washington Queiroz, e de 8 vereadores do município pelos crimes de corrupção ativa e passiva.
A ação é de autoria dos procuradores de Justiça Cândida Nascimento e Nelson Medrado.
Os fatos ocorreram durante processo legislativo fraudulento, para aprovação de projeto de lei que reduz de 5% para 2% a alíquota do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISQN).
Na ação, é pedido o afastamento do cargo do prefeito e do secretário.
Conforme apurado pelo MP, houve pagamento de “propina” pelo prefeito a oito vereadores de Vitória do Xingu, para redução da alíquota do referido imposto.
Os vereadores acusados são: Genildo de Souza Oliveira, Luzia Efigênio Dias Simpriciano, João Manoel Cordovil da Gama, Maria Aracelis Barbosa de Lima, Jose Caetano Silva de Oliveira, Silas de Oliveira Lima, Cleonilson da Silva Bezerra, Francisca da Silva Fontenelles.
O caso
O Procedimento Investigatório Criminal (PIC) teve origem nos termos de declarações prestados pela presidente da Câmara Municipal, Luzia Efigênio, e pelo seu 1º Secretário, Ananias Moura, ao Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Estado (Gaeco), que, posteriormente, foram acompanhados das declarações das vereadoras Francisca da Silva Fontenele e Maria Aracelis Barbosa de Lima, que narraram ilícitos ocorridos na aprovação do projeto de lei para redução da alíquota do ISQN.
Os depoimentos confirmaram a realização, fora do período legislativo, de uma reunião secreta no gabinete da Presidência da Câmara Municipal, no dia 17/12/2011, sob pressão dos vereadores Genildo Oliveira, José Caetano, Cleonilson Bezerra e Silas Lima, ocasião em que o advogado José Maria Rocha, que presta serviços para a Câmara assessorando uma Comissão Parlamentar de Inquérito, defendeu que o projeto poderia ser colocado em pauta, pois o mesmo estava juridicamente correto e que se não fosse aprovado por Luzia Efigênio, esta estaria emperrando o desenvolvimento do Município.
Nesta sessão extraordinária teriam participado oito vereadores, o prefeito Vando Amaral, o atual secretário municipal de Planejamento e Finanças Washington Queiroz, e o servidor da Câmara Municipal Francisco das Chagas.
“Após a reunião que aprovou o projeto, os depoentes relataram que cada vereador presente recebeu a quantia de R$5 mil, em espécie, das mãos de Washington Pimenta, e o vereador que não compareceu à reunião, Ananias, recebeu a referida quantia diretamente das mãos do vereador Genildo, com a recomendação de que aquilo era um “agrado” por parte de uma empresa, em retribuição à aprovação do projeto de lei de redução de alíquota do ISSQN”, destacaram os procuradores de Justiça Cândida Nascimento e Nelson Medrado na ação penal.
Os quatro vereadores denunciantes entregaram ao MPPA a quantia de R$5 mil, cada um. O valor total de R$20 mil foi depositado em conta bancária judicial.
Além desse pagamento de “propina” para aprovação do projeto, ao analisar a cópia integral do processo legislativo que tratou sobre a redução da alíquota, o MPPA identificou que o procedimento possuía apenas duas páginas, sem qualquer estudo do impacto orçamentário da medida e nem alteração da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e da Lei Orçamentária Anual (LOA), o que violou preceitos constitucionais e legais.
O afastamento do prefeito e do secretário municipal foi pedida para garantir o bom andamento da instrução processual na apuração das irregularidades apontadas. “Várias medidas cautelares incidentais ainda são necessárias (quebra sigilo bancário, entre outras) e apenas com o afastamento do prefeito será possível a coleta dessas provas complementares, principalmente pelo fato dos acusados de corrupção ativa estarem apresentando indícios de enriquecimento incompatível com sua renda”, explicaram os procuradores de Justiça.
Além de resguardar o patrimônio público, a medida do afastamento também irá servir para preservar as provas testemunhais e dos co-réus, evitando que sofram influência do denunciado-Prefeito.
“De fato, a instrução criminal estará em risco com a permanência desses denunciados à frente de seus cargos, principalmente porque o prefeito, concretamente, já pressionou os vereadores para mudarem seus depoimentos ao Ministério Público, conforme comprova o áudio gravado em CD-R e transcrito pelo IML”, ressaltaram os representantes do Ministério Público.
Na ação penal o prefeito e secretário são acusados, cada um, de cometerem nove vezes o crime de corrupção ativa, cuja pena varia de 2 a 12 anos de reclusão, por cada delito.
Já cada um dos oito vereadores que recebeu a “propina” é acusado de corrupção passiva, com pena de 2 a 12 anos de reclusão.
Fonte: MP do Pará

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

VIOLÊNCIA EXTREMADA

Homem mata garçonete de cantina com 06 tiros no 

garimpo Jatobá em Itaituba


O crime aconteceu por volta das 17 horas da tarde de sábado, 22, no garimpo Jatobá, localizado em Itaituba no oeste do estado.
O Assassino
A vitima foi a garçonete de uma cantina do garimpo identificada por (Franciane Marques Campos) de 33 anos de idade e o assassino foi identificado por Ednei Lourenço gerente de uma draga na região garimpeira. Segundo informações Franciane estava deitada em uma rede na cantina aonde trabalhava quando foi surpreendida com a chegada de Ednei, ainda tentou fugir, mas não conseguiu, foi logo alvejada com um tiro e veio ha cair e já no chão recebeu mais 05 tiros totalizando 06 tiros nas costas da vitima. 
A Vítima


Ednei (assassino)
Relatos dão conta que há cerca de uma semana aconteceu uma festa na região garimpeira e Franciane e Ednei tiveram um desentendimento chegando às vias de fato; Franciane para se defender teria quebrado uma garrafa e chegou a fazer um corte na altura do ombro do acusado. Depois do acontecido Ednei teria jurado a vitima de morte, informação que teria chegado ao seu conhecimento da mesma que não levou a serio, porem a ameaça se cumpriu na tarde de sábado. 

Para evitar uma tragédia a patroa da vitima ainda chegou a demitir a mesma e pediu que deixasse o garimpo o mais rápido possível, pedido esse que não foi atendido pela vitima que insistiu em ficar continuar trabalhando na cantina. Testemunhas relataram que Ednei teria planejado o assassinato de Franciane de forma fria e calculista, esperou o intervalo das pessoas que saíram da cantina e de quem iria chegar ao período da noite, informações ainda não confirmadas é de que o assassino estava portando duas armas para cometer o crime e de forma covarde descarregou uma das armas na vitima. Franciane tinha três filhos, duas meninas e um menino. A família espera que a justiça seja feita.

Fonte: Junior Ribeiro

PREFEITO MÁGICO FAZ VEREADORES DESAPARECEREM

Apenas 6 vereadores compareceram a sessão, o resto sumiram do município, tudo arquitetado pelo prefeito Banha
Com dificuldade de acesso aos documentos solicitados a prefeitura municipal de Uruará a CPI da Educação instaurada a cerca de dois meses pediria a cassação do prefeito do município, Everton Moreira (PDT), na sessão da Câmara desta sexta-feira, 21, no entanto não deu quórum na sessão já que apenas 6 vereadores estiveram presentes, Luiz Macedo, Gedeon, Jackson, Manoel, Gilmar Milanski e Zenilson Negão. Esteve ausente: Édson Boca Preta, Rodoaldo, Amauri Oliveira (Buxudo), Paulo Medeiros, Valdeci Terra (Rato) e Silvestre. Seria necessário a presença de pelo menos 9 vereadores.Dezenas de professores ocuparam o plenário da Câmara para acompanhar a sessão e foram frustrados com o não acontecimento da mesma.
________
Minha fotoExtraido do Blog do Xarope
Titulo RP

Qual será o impacto do "Petrolão" nos investimentos em Itaituba?

Extraído do Blog do Jubal

Jubal Cabral FilhoO chamado “petrolão”, ao atingir as principais 
empreiteiras do país e chamuscar todos os 
partidos, em especial os núcleos representados
 no Congresso, traz também um temor 
excessivo de que as grandes obras a 
serem implementadas em Itaituba fiquem só no 
papel.
Tudo vai depender do resultado das investigações do Ministério 
Público e a continuidade das prisões e delações que ainda devem 
ocorrer.
Se for real teremos um retrocesso considerável nos investimentos
neste pedaço, mesmo que o BRIC se vire na cama para que as 
hidrelétricas e infraestrutura seja continuada e continue dando
 suporte para os investimentos chineses no Pará.
Veremos o que vem por aí, mas vislumbro um período de vacas 
magras por aqui. Quiçá eu esteja errado...

ELA SABIA SIM!


NOTA À IMPRENSA
A reportagem de capa da revista Veja de hoje é mais um episódio de manipulação jornalística que marca a publicação nos últimos anos.
Depois de tentar interferir no resultado das eleições presidenciais, numa operação condenada pela Justiça eleitoral, Veja tenta enganar seus leitores ao insinuar que, em 2009, já se sabia dos desvios praticados pelo senhor Paulo Roberto Costa, diretor da Petrobras demitido em março de 2012 pelo governo da presidenta Dilma.
As práticas ilegais do senhor Paulo Roberto Costa só vieram a público em 2014, graças às investigações conduzidas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público. 
Aos fatos:
Em 6 de novembro de 2014, Veja procurou a Secretaria de Imprensa da Presidência da República informando que iria publicar notícia, “baseada em provas factuais”, de que a então ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, recebeu mensagem eletrônica do senhor Paulo Roberto Costa, então diretor da Petrobras, sobre irregularidades detectadas em 2009 pelo Tribunal de Contas da União nas obras da refinaria Abreu e Lima. O repórter indagava que medidas e providências foram adotadas diante do acórdão do TCU. A revista não enviou cópia do e-mail. (LEIA MAIS...)

domingo, 23 de novembro de 2014

Ícone do mau humor, Seu Lunga morre aos 87 anos


O folclórico vendedor de sucata Joaquim dos Santos Rodrigues, conhecido como "Seu Lunga", morreu na manhã do último sábado (22), na cidade de Barbalha, interior do Ceará. 
Há anos, Seu Lunga lutava contra um câncer no estômago, que terminou atingindo também o esôfago e os pulmões. Conhecido pelo mau humor e respostas ásperas, o sucateiro ele foi internado na última quarta-feira (19) por complicações no sistema digestivo.
Nascido em 18 de agosto de 1927, Seu Lunga também atuava como poeta e repentista do Juazeiro do Norte, onde ganhou notoriedade. Seu apelido veio de uma vizinha que lhe chamava de Calunga, devido a sua loja. Com os passar dos anos ficou apenas Lunga. O vendedor teve 13 filhos, sendo três homens e 10 mulheres.
Apesar do mau humor, as respostas de Seu Lunga sempre eram carregadas de ironias e divertiam as pessoas que o ouviam. Algumas frases até hoje são atribuídas a ele, mesmo que o nordestino não confirmasse a autoria. Confira algumas delas:
- Seu Lunga estava em sua casa, com sede. E manda seu sobrinho lhe trazer um pouco de leite. Daí o pobre do garoto pergunta: “No copo?” “Não. Bota no chão e vem empurrando com o rodo”.
- Seu Lunga vai saindo da farmácia, quando alguém pergunta: “Tá doente, seu Lunga”? E ele responde: “Quer dizer que se eu fosse saindo do cemitério eu tava morto?”
- O funcionário do banco veio avisar: “Seu Lunga, a promissória venceu”. E ele respondeu: “Meu filho, pra mim podia ter perdido ou empatado. Não torço por nenhuma promissória”.

A CRIATURA VOLTA-SE CONTRA O CRIADOR OU SERIA A SUJA FALANDO DO MAL LAVADO?

Dilma pode entregar Lula para se blindar de denúncias na Petrobras, diz jornalista

O jornalista responsável pelo site Ucho.info expõe a posição de Ronaldo Caiado, líder da minoria no Congresso Nacional, que pediu a demissão e substituição da diretoria da Petrobras e a destituição do Conselho de Administração, tendo em vista a gravidade da situação atual: ex-diretor preso e balanço não divulgado. De acordo com o site, em reação a esta situação, a estratégia de Dilma é blindar-se a qualquer custo. Sendo assim, a presidente reeleita pode desligar-se de vez de seu antecessor e afirmar que a corrupção na Petrobras se estabeleceu e se desenvolveu no governo de Lula.

ALGUNS COMENTÁRIOS SOBRE OPERAÇÃO CONTRA FRAUDES À LICITAÇÃO EM VITORIA DO XINGU

7 Comentários


  1. MEMORIA CURTA
    TEM UM CERTO FUNCIONARIO PUBLICO QUE NAS RODADAS E EM SEU FACE CHAMA TODO NUNDO DE LADRÃO (o seu filho era ladrão de requizição de combustivel da semeD)

  2. teo colares
    esse sewcretario era omaior cabo eleitoral do aldo queiros quando disputou a reitoria da ufopa se não estouy enganado eseu jenro

  3. Intolerante
    O mais engraçado de tudo, é que quando secretários de educação são afastados por tentarem fraudar o bloco de recursos do FME e tentar puxar alguns “porcentinhos” das empresas licitadas como forma de beneficiar-se. Fica claro que as dívidas exorbitantes que há pouco tínhamos na Educação e que foram deixadas por Secretários anteriores deixam saudades nestes que tanto mamaram nas tetas do Fundo, da Merenda, do Combustível, que compram carros com recursos públicos e que montam Blogs para detonar o governo atual.
    Se aconteceu a tal ação do MP em Vitória do Xingu é porque algo está errado e não é de hoje. E se há culpados, não sei! Cabe ao MP angariar informações.
    E aos nossos ex-secretários de Educação e blogueiros, peço que sejam mais coerentes ao fazer públicas algumas das informações aqui citadas na matéria.

  4. Ademar Romário
    Jeso esse Washington Queiroz Pimenta, dizem aqui em Vitória do Xingu, veio de Santarém há três anos atrás e virou o manda chuva na cidade, seu cargo oficial e secretario de finanças, não se compra ou contrata nada na prefeitura se não pagarem propina, ele é o arrecadador mor. Até o atual prefeito assumir o governo municipal, esta falido, hoje é um dos mais ricos, da região, o primeiro é o Domingos Junveil, aqui do município do lado (altamira).
    Esse Washington dizem tem empresas de engenharia…. ta roubando tudo e contando com a impunidade. Se tiverem noticias ai de Santarém desse sujeito divuguem.

  5. republica da rapaduura
    e o lira maia vai preso quando?????????

  6. eleitor
    PORQUE SERA QUE ESSAS OPERAÇOES NUNCA CHEGA EM SANTAREM?

  7. DEOLHO :) :)
    E o Governo Federal ainda quer aumentar o repasse do FPM, ele não deveria repassar mais nenhum tostão pra esses prefeitos que não trabalham. A maioria das cidades não tem saneamento básico como rede de esgotos e tratamento do mesmo e os lixões são a céu berto, fora que é lixo nas ruas pra todos os lados. As ruas são só uma buraqueira infernal, nem tapam buracos se quer. A Educação Básica vive à míngua com muitas escolas sucateadas e professores com salários miseráveis para a importância que se deveria dar à educação. Sistema de abastecimento de água precário há anos. Plano Diretor Urbano dessas cidades é apenas conversa fiada. Não tem aterro sanitário. Agora, verifiquem a grande quantidade de carros alugados pra essas prefeituras que beneficiam parentes e amigos desses prefeitos ladrões, fora maracutaias de todo tipo. Tomara que o Governo Federal volte atrás o quanto antes e trate é de diminuir os repasses que já são excelentes, é só trabalharem direito e não roubar que os recursos atuais vão sobrar.

Uma operação do MP (Ministério Público) do Pará foi deflagrada ontem (18), com mandado de busca e apreensão em documentos e informações, dados e mídias digitais relacionados às fraudes em processos licitatórios no município Vitória do Xingu.
Os alvos foram a residência do prefeito, Vando Amaral (PSB) a sede da prefeitura e de secretarias municipais.
A ação foi determinada pelo TJ (Tribunal de Justiça) do Pará, com busca e apreensão em documentos relacionados à possível fraude de procedimentos licitatórios.
Na mira também documentos que provam apropriação e desvio de recursos públicos em posse de Jelcias Lisboa Queiroz e Washington Queiroz Pimenta.
A operação foi deflagrada na madrugada de ontem. Foi coordenada pelo procurador de Justiça Nelson Medrado, coordenador do Núcleo de Combate à Corrupção e Improbidade Administrativa.
Contou com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP e dos promotores de Vitória do Xingu e Altamira, Gustavo Rodolfo Ramos de Andrade e Rodrigo Aquino Silva.
Um dos processos investigados é a destinação de R$ 56 milhões para execução de obras de engenharia por uma empresa de construção. O valor foi repassado pelo município em dois anos.
Segundo procurador de justiça Nelson Medrado, ‘pelo valor da obra, deveríamos ter encontrado um grande canteiro de obras na cidade e não foi o caso’. Para Medrado, o alto valor pago à empreiteira não é compatível com o resultado apresentado.
O procurador destacou ainda que o prefeito Erivando Amaral está envolvido em um processo de 2012 que apura o pagamento de propina à prefeitura por empresas interessadas na diminuição da alíquota do Imposto Sobre Serviços (ISS) de 5% para 2%.
Com informações do MP do Pará e O Liberal
Extraído do Blog o Jeso

VIADAGEM CONGENITA E BAITOLAGEM ADQUIRIDA

RJ celebra o maior casamento gay coletivo do mundo


Ao todo 160 casais homossexuais oficializaram união hoje (23) simultaneamente, no Armazém Utopia, zona portuária do Rio de Janeiro. Esta foi a quinta cerimônia de casamento civil homoafetivo realizado no estado e a maior cerimônia do mundo, segundo a Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, organizadora do evento. No total, mais de 500 casais foram beneficiados com a iniciativa, resultado de parceria entre a secretaria o Tribunal de Justiça do estado do Rio de Janeiro e a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado do Rio de Janeiro.
A abertura da cerimônia foi feita com a performance do travesti, atriz e cantora Jane Di Castro, que interpretou Emoções, de Roberto Carlos. A própria Jane Di Castro foi uma das noivas. Ela oficializou a união de 47 anos com o companheiro Otávio Souza Bomfim. “É um momento maravilhoso. Para quem veio da ditadura isso que estamos vivendo é um paraíso. É uma realização e uma vitória”, disse a artista ao comentar que o marido foi o primeiro e o único amor da vida dela.
O superintendente de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos e coordenador do Programa Estadual Rio Sem Homofobia, Cláudio Nascimento, e seu companheiro, João Silva, foram o primeiro casal a ter a união convertida em casamento no estado do Rio de Janeiro. “É uma ação afirmativa para chamar a atenção de todos para as conquistas e os desafios na área dos direitos civis e humanos da comunidade LGBT. O casamento garante a possibilidade de vários projetos de futuro juntos, como a casa própria, ampliar a família e um nível de segurança jurídica formidável”, destacou.
Nascimento explicou que pelo grande número de casais desta edição o espaço foi ampliado para garantir a presença dos mais de 1,5 mil convidados.  “Na primeira cerimônia tivemos 43 casais, na última, 132 e a tendência é crescer mais, pois os casais vão se encorajando, percebendo que o evento é digno e organizado, que eles serão tratados com respeito”. A próxima cerimônia será no Maracanzinho.
Stefani do Couto, 33 anos, foi convencida pela companheira, Gisele Domiciano, 32 anos, a consumar a união estável. “Para mim sempre foi um sono e quando fizemos dois anos de namoro disse que queria casar com ela”, contou Gisele. “Nunca me vi casando, mas me deixei levar”, comentou Gisele.
Após a cerimônia, os recém-casados e convidados comemoraram o matrimônio em uma recepção oferecida pelo governo do Rio no próprio Armazém Utopia.
(Agência Brasil)
Titulo RP