RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Índios queimam ônibus de Belo Monte em protesto

Índios queimam ônibus de Belo Monte em protesto (Foto: Divulgação/CCBM)Sexta-Feira, 30/05/2014, 20:01:32 - Atualizado em 30/05/2014, 20:31:11           

Índios das etnias Arara e Juruna queimaram dois ônibus e destruíram outros três veículos do Consórcio Construtor Belo Monte, em uma estrada vicinal em Vitória do Xingu, sudoeste do Pará, na manhã desta sexta-feira (30).
Segundo a empresa, os índios bloqueavam a via, que dá acesso ao Sítio Pimental, desde terça-feira (27), cobrando mais agilidade no Plano Básico Ambiental, que garante benefícios aos índios.
Ainda de acordo com a empresa responsável pela construção da usina, ninguém ficou ferido com o incêndio.
Índios cobram a aplicação do Plano Ambiental acordado com a empresa (Foto: Divulgação/CCBM)
A empresa informou que, por conta dos dias parados, a produtividade foi afetada.
Homens da Força Nacional precisaram intervir para que não houvesse mais tumultos. A via foi liberada à tarde.
A Norte Energia, em carta aberta divulgada no dia no último dia 26, explica que as terras das tribos indígenas não serão inundadas pela construção da barragem. 
(DOL)

FHC... DE QUATRO DEDOS?

 Além de corruptos, mentirosos e incompetentes, são burros !!!
Na "guerra" pré-eleitoral acaba-se lançando mão de artifícios os mais vis.
COMO EU SEMPRE DIGO: CUIDADO COM AS "VERDADES" QUE TE MOSTRAM NA INTERNET!!!
Até nisso falta competência ao PT.
Olha a montagem que eles fizeram no photoshop e que está circulando pela internet.
Recortaram a foto do Lula e colaram a do FHC no lugar.
Eu não sabia que no Fernando Henrique também faltava um dedo na mão esquerda!
Encaminhado pelo indignado com pilantragem, Mister JUMM
 

 






 



 

segunda-feira, 26 de maio de 2014

REJEITAR CONHECIMENTOS É OMISSÃO "Passageiros da Agonia"

                                           
               
De:  Adriana Miranda (adrianacfmbiol@yahoo.com.br)                                              

Olá senhor Walter

É um enorme prazer falar com o senhor.

Não tenho palavras cabíveis que possam te agradecer por ter nos permitido
 acompanhar todo o percurso das buscas dos ''passageiros da agonia'',
 nossos irmãos em espírito.

Como na imprensa brasileira sem escrúpulos não havia publicações,
 e quando havia eram tendenciosas a favor de governos de areia, seu
 blog foi o único meio de acompanhamento honesto e humano.
Acompanhamento esse infinitamente melhor e mais detalhado que
 poderia ter sido feito por qualquer imprensa, diga-se de passagem.

E, esperei um tempo de luto para que pudesse te agradecer da melhor
 maneira que achei possível, com uma das coisas que temos de mais
precioso por aqui nesta Terra: conhecimento.Independente de qualquer
escolha nossa, análises, reanálises e conhecimento sempre são muito
 valiosos, mesmo que mantenham as coisas como estão. Pelo menos,
serviram p/ confirmação e p/ a segurança da escolha. Conhecimento
nunca é demais.


Ninguém é obrigado a acreditar em nada, mas estar sempre a conhecer
e analisar não é só um ato de inteligência, mas também de prudência.

Rejeitar conhecimentos por parcialidade de opinião, é optar por omissão,
e por limitação. 

E basear-se em conhecimentos com omissões (parciais) é estar se
equivocando, mesmo que o conhecimento em que se baseia seja
verdadeiro, pois a base não é dialética o suficiente para se ter escolhido
com a devida crítica e segurança de que se escolhe o mais razoável
possível, o mais próximo da verdade que se possa chegar, dadas
as comparações e análises possíveis.  Isso deve ser levado em consideração
 em maior grau quanto mais sério for o assunto tratado.

Pelo seu blog, dá para perceber que o senhor tem sede de conhecimento.

Por isso, considerando seus comentários - no caso dos passageiros
desaparecidos - muito humanos e de cunho cristão, e percebendo que
 seu blog carrega um símbolo, e caso ainda não conheça, gostaria de te
pedir com todo carinho e respeito que o senhor lesse e analisasse esse
 livro abaixo. Não peço que concorde, mas apenas que analise, com
honestidade intelectual.
 
Seria muito importante para o senhor... e igualmente importante e
Prudente, cauteloso, que o fizesse em silêncio e sozinho, até que o
 livro acabe. Esse mesmo livro do link abaixo, segue em anexo, nesse
 e-mail. Lembre-se sempre que conhecer nunca é demais, e que
devemos dominar assuntos que nos são importantes, ainda mais os
de grande impacto vital.

Adriana Miranda

Livro original - Do outro lado da luz

 

Anexos:                         
                                                                                                                                                                

 

O VOO D AVIÃO INVISIVEL

R$ 50.000,00
Recompensa-se quem der noticia da localização do avião ou do piloto

SOLANGE FELTRIM COMENTA POSTAGEM "PAÍS BANDALHO"

Maria Cristina Feltrim deixou um novo comentário sobre a sua postagem "PAÍS BANDALHO":

caro Walter, e com grande tristeza que faço aqui um comentário, pois sei o que esta família tem passado o que é esperar,esperar, e não ter noticias, e ainda mais não poder contar com a ajuda desses que se intitulam militares, salvadores, homens da selva, tamanha é a dor de quem passa por isso é incalculável.
Nunca mais seremos os mesmos, pois estará para sempre cravado no nosso coração mente e alma, conseguimos uma resposta sim, mais não deles como todos sabem, abençoado aquele garimpeiro, nossa gratidão. que saudade do nosso irmão, muita saudade.....aos familiares nossa solidariedade e confiem em nosso Deus, ele é maior que qualquer autoridade desta terra.....Solange Feltrim e familiares. 
Garimpeiro  Fausto, que encontrou o Avião com os Passageiros da Agonia
 

Indígenas denunciam agressões em Belo Monte

Indígenas denunciam agressões em Belo Monte (Foto: Via/WhatsApp)
Protestos de índios no local de construção da hidrelétrica já dura cinco dias (Foto: Via/WhatsApp)
Índios Xikrin denunciaram ao Ministério Público Federal (MPF) que foram recebidos com bombas e balas de borracha ao tentarem entrar no canteiro de Belo Monte para conversar com representantes da Norte Energia S.A, neste domingo (25).

Segundo o MPF, de acordo com os relatos, cerca de 20 indígenas se dirigiram ao local pacificamente e desarmados, para cobrar o cumprimento das condicionantes indígenas e ao chegarem no local foram recebidos com bombas por homens da Força Nacional de Segurança, que desferiram vários tiros de bala de borracha contra os índios. Quatro pessoas ficaram feridas.

“Avisamos que estávamos lá para conversar, tentamos conversar. Os policiais não perguntaram nada, disseram que não queriam conversar e continuaram atirando”, relataram os indígenas. Diante disso, eles voltaram para Altamira, onde denunciaram o ocorrido ao MPF.

O comandante da Força Nacional em Altamira será ouvido pelo MPF. A Procuradoria Geral da República vai receber uma solicitação para que requisite, do Ministério da Justiça, informações sobre os limites, objetivos e justificativas para a presença da Força Nacional nos canteiros de obras da usina de Belo Monte. O MPF solicitou que Fundação Nacional do Índio (Funai) encaminhe as vítimas para exame de corpo de delito ainda hoje.

PROTESTOS

Há cinco dias, indígenas de várias etnias atingidos por Belo Monte estão fazendo um bloqueio na rodovia Transamazônica para impedir a entrada de operários no canteiro da usina. Eles cobram o cumprimento das condicionantes indígenas do empreendimento que, três anos depois do início das obras, sequer começaram. Os Xikrin disseram ao MPF que foram na usina para discutir uma pauta de negociações. Segundo eles, até agora nenhum projeto de compensação ou mitigação pelos impactos de Belo Monte foi realizado e a Funai e o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) nunca visitaram a aldeia para avaliar o cumprimento das condicionantes.

OUTRO LADO

No site oficial da empresa, a Norte energia se pronunciou sobre o assunto afirmando que repudia a tentativa de invasão ocorrida no final da tarde de ontem. Na versão da empresa, um grupo de cerca de 20 invasores abandonou o processo de conversa em curso e tentou ocupar instalações das obras em um dos canteiros da Usina.

Os manifestantes que chegaram ao local em dois barcos, teriam sido dispersados e retirados do canteiro, local onde trafegam veículos pesados, máquinas e guindastes, além de milhares de trabalhadores da obra.

Além disso, a nota segue afirmando que em nada contribui para as negociações as ameaças contidas nas palavras de alguns líderes durante entrevista coletiva convocada na noite de domingo e reproduzida parcialmente nesta manhã por jornalistas. "Na entrevista, as palavras “guerra” e “sangue” foram abundantemente usadas em tom de ameaça à empresa e à Justiça, por esta haver restabelecido a legalidade rompida pelos manifestantes", afirma a Norte Energia.
(DOL com informações do MPF e site Norte Energia)

MPF processa Funai por demora em demarcação de aldeia do Tapajós


O Ministério Público Federal (MPF) entrou com uma ação civil pública na Justiça Federal de Itaituba contra a Fundação Nacional do Índio (Funai) e a União Federal pela demora na demarcação da terra indígena Sawré Muybu, de ocupação tradicional do povo indígena Munduruku, localizada nos municípios de Trairão e Itaituba/PA, sudoeste paraense.
O procedimento de demarcação é feito há 13 anos e foi paralisado ano passado, quando quase todos os trâmites administrativos já estavam concluídos.
De acordo com o procurador da República Camões Boaventura, que entrou com a ação na Justiça, "o objetivo é a efetiva e adequada tutela dos direitos indígenas, especialmente a garantia da posse exclusiva das terras indígenas, de modo que seja concretizado o dever constitucional de demarcar as terras por eles tradicionalmente ocupadas". Além disso, a ação requer a condenação das requeridas em danos morais coletivos perpetrados contra os grupos indígenas, em virtude da abusiva demora na conclusão do procedimento demarcatório.
Prejuízos
A demora na demarcação provoca inúmeros danos aos Munduruku do médio Tapajós, ameaçados constantemente por invasões de madeireiros e garimpeiros. Estudos feitos pela própria Funai (na Coordenação Regional do Tapajós) demonstram, através de imagens de satélite, a existência de vários ramais clandestinos abertos por madeireiros para desmatamento ilegal no interior da terra indígena. Outro grave prejuízo é que a área Sawré Muybu deve ser alagada pelas usinas hidrelétricas de São Luiz do Tapajós e Jatobá, que o governo quer construir no rio.
O povo indígena deve perder, com o alagamento, uma de suas aldeias, roças, locais de coleta e caça, zonas de pesca e um cemitério ancestral, se as projeções estiverem corretas. Com a demora no reconhecimento no território que ocupam secularmente, os moradores da Sawré Muybu, maiores prejudicados pelos projetos governamentais, não terão reconhecido seu direito à consulta e compensação.
Histórico
O processo de demarcação da área citada, com pouco mais de 178 mil hectares, teve início formal em 31 de janeiro de 2001. Na ocasião, a presidência da Funai constituiu o primeiro grupo técnico para realizar estudos e levantamentos preliminares para identificação das aldeias Munduruku situadas ao longo da calha do Tapajós. Já em 2007, a presidência da Funai reinstitui o Grupo Técnico para realizar os estudos de identificação e delimitação. O Relatório Circunstanciado de Identificação e Delimitação (RCID) está pronto desde 13 de setembro de 2013.
(DOL com informações do MPF)

domingo, 25 de maio de 2014

POLICIAL DEFENDE SUA CLASSE - COMENTÁRIO

Ronaldo Silva  deixou um novo comentário sobre a sua postagem "A POLICIA DE JATENE - TRUCULÊNCIA":

É louvável a observação de vocês ao criticar tal comportamento de determinados policiais militares, e não louvável a conduta que tomam em relação às criticas impostas a todos os policiais, quando dizem: "a polícia do Jatene" em um claro manisfesto político e não em relação a um compromisso com a sociedade. Fico decepcionado ao ler tamanha inteligência postada pelos senhores e ao mesmo tempo palavras "pelegas" que ficam sem nexo ao defender a ideologia de vocês e não de uma conduta melhor dos policiais. Parabenizo sim os senhores ao mostrar pra sociedade uma postura de indignação em relação a agressão gratuita, já que deve existir tipos de agressões valiosas, ou seja paga. Senhores sou policial e digo com toda a certeza que nós que fazemos parte do lado bom da polícia não aceitamos este tipo de comportamento, existem sim e são muitos os policiais que trabalham de maneira correta e que são execrados por esta sociedade medíocre que só cobram, cobram e cobram, porém são mais errados que os próprios bandidos fardados como vocês afirmam, quem nunca desta sociedade deixou de devolver um troco a mais dado de maneira errada, quem nunca deixou de pagar suas contas em dia, quem nunca ofereceu vantagens a servidores públicos em proveito próprio, quem nunca fez algo errado que atire a primeira bala. Toda Sociedade tem a polícia que merece.

sábado, 24 de maio de 2014

A POLICIA DE JATENE - TRUCULÊNCIA

PARÁ – Diante da PM, cadeia é a melhor opção

Imagem do vídeo que registrou a brutal e covarde agressão da PM.
 
        Pelo menos para os desvalidos, no Pará do governador Simão Jatene, apesar de todas as ignomínias impostas pelo sistema carcerário, a prisão pode ser a opção mais segura, diante da escalada da truculência policial, tão execrável quanto a brutalidade da criminalidade. Esta é a conclusão na qual fatalmente se desemboca, no rastro do drama de Alex Ferreira Sales, identificado como a vítima do gratuito e covarde espancamento perpetrado por três PMs, na rua Henrique Gurjão, bairro do Reduto, a 27 de abril passado, em episódio registrado em vídeo por um morador. Segundo a versão oficial, Sales cumpre pena por roubo qualificado e se encontrava em liberdade provisória, para tratamento de saúde, mas tratou de retornar ao presídio metropolitano 2, em Marituba, após ser despejado na praça Magalhães pelos PMs que recolheram-no na viatura policial com inominável violência. Depois disso, ele desapareceu, aparentemente sem deixar vestígios, suscitando a suspeita de ter sido morto pelos policiais militares que agrediram-no – o soldado Jhonatan Miranda e os cabos Luis Silva e Alfredo Correa.
        "Ele (Alex Ferreira Sales) foi chamado para prestar depoimento e confirma a agressão dos PMs”, afirmou ao G1, o portal de notícias da Globo, o promotor militar Armando Brasil Teixeira, em uma declaração pleonástica, diante do vídeo que registra o episódio. O promotor militar assinalou, na ocasião, que Sales reconheceu, como seus agressores, o soldado Jhonatan Miranda e os cabos Luis Silva e Alfredo Correa. E assinalou que os PMs, por sua vez,reconheceram Sales como a vítima do brutal e covarde espancamento. "Ele diz que foi agredido sem motivação justa, mostrou o ferimento da perna provocado pelo golpe do fechamento do porta-mala do carro e também reconheceu o local em que foi preso e a praça em que foi liberado", acrescenta Armando Brasil Teixeira. Durante o depoimento, Sales também revelou que os agentes não informaram sua detenção, via rádio, ao Centro Integrado de Operações, observou ainda o promotor militar. “É complicado, porque ele é usuário de drogas”, declarou complementarmente Armando Brasil Teixeira, ao comentar as eventuais lacunas no relato da vítima dos três PMs. O acréscimo do promotor militar soa algo capcioso, porque omite a irrelevância das eventuais lacunas registradas no depoimento de Sales, diante das evidências do comportamento criminoso dos três PMs.
_____

sexta-feira, 23 de maio de 2014

PAÍS BANDALHO


Davi Menezes adicionou 2 novas fotos — com Ascom Itaituba e outras 13 pessoas.
Porque o Exercito Brasileiro manda 100 homens do quartel de Itaituba Oeste do Pará para Haiti e não retome as buscas do Avião que estava abordo o Dr. DANIEL medico que não foi encontrado em nossas proximidades pois, se são de selva então primeiro os nossos..
Precisamos da ajuda de todos para que as buscas sejam retomadas!‪#‎voodoaviaoinvisivelCONTATOS‬: (42)9960-9515 (42)9946-7878 email: larigalves@hotmail.com
http://pingafogoitaituba.blogspot.com.br/2014/05/missao-tapa-na-cara.html?m=1


  • Gorete Santos PARA MANDAR HOMENS PARA OUTRO PAIS O EXERCITO LOGO VAI, MAS PARA FAZER CUMPRIR O DEVER DE PROCURAR PESSOAS QUE REALMENTE PRECISA OEXERCITO NOS ABADONA,SOMOS BRASILEIRO E PRECISSAMOS DE VOCES EXERCITO BRASILEIRO PARA ENCONTRAR MAS ESSE CIDADAO BRASILEIRO,AJUDE POS E OBRIGAÇAO DO BRASIL
     
  • Joao Filho Dias Azuelo eu acredito que temos mudar esse governo,que ta aí.
  • Davi Menezes Para quem.não sabe este envio foi hoje este enorme aviao da força aerea posou aqui em Itaituba .. e levou os militares... que vergonha... BRASIL..AMAZONIA....
     
  • Joao Filho Dias Azuelo boa colega.muito bem colocado no blog do pinga fogo 'operação tapa na cara'
  • Walter Azevedo Tertulino Vergonha... bandalheira... descaso... Nosso país mostra a todos uma faceta de nação desgovernada, onde milhões são gastos para construir estádios e nada é investido em saúde que mortes são registradas nos corredores de hospitais sem atendimento médico. Este país precisa de uma revolução para encontrar o caminho da seriedade. Os PETRALHAS estão acabando com o Brasil, que cria emprego em Cuba, e aumenta o desemprego em nosso País. Temos que dar um basta nisso. Fora DILMA! fora VERMEHOS!, reis e rainhas da bandalheira e da roubalheira.

-QUE CULTURA!!!



Câmara aprova investigação contra prefeito

Sexta-Feira, 23/05/2014, 16:11:23 - Atualizado em 23/05/2014, 17:31:04  Diário Online 

CPI
Os vereadores do município de Salvaterra, região do Marajó, aprovaram a instalação de uma Comissão para apurar denúncias de corrupção contra o atual prefeito Valentim Lucas de Oliveira (PSDB). Ao todo, sete dos 11 vereadores votaram a favor e houve apenas uma abstenção.
A denúncia havia sido protocolada na Casa, último dia 12 de maio, por um morador de Salvaterra. Na sessão do dia 13, os vereadores discutiram sobre a abertura de um processo apuratório para checar as denúncias. 
Falta de prestação de contas e de repasse de 25% para a educação, os benefícios financeiros confirmados na folha superfaturada de pagamento da Secretaria de Educação para servidores ligados ao gestor, desvio de recursos financeiros federais com a contração de uma empresa fantasma, não cadastrada no Crea-PA, e uma licitação fraudulenta para reforma e ampliação dos postos de saúde do município são algumas das acusações comprovadas, como afirmou a vereadora Conceição, advertindo os vereadores que não deveriam se omitir diante do atos de improbidade do prefeito, em nome da população que merece uma satisfação da Câmara Municipal.
A matéria foi levada à apreciação e acatada pelos seguintes vereadores:Niércio, Nilvaldo, André Salvador, Edvaldo, Angelim e Conceição.
Após aprovada a decisão do plenário da Câmara Municipal de Salvaterra, pela apuração da denúncia contra o prefeito, foi realizado um “sorteio” entre os vereadores que se apresentaram para participar da Comissão Processante. A Comissão “sorteada” foi André Salvador (Presidente), Conceição (Relatora) e Angelim (Membro). 
O presidente da Comissão Processante, André Salvador, foi à tribuna e disse estar ciente da responsabilidade assumida, afirmando que a população deverá ter a resposta necessária após a apuração de todos os fatos e documentos apresentados pelo cidadão denunciante.O prefeito Valentim foi oficialmente informado e terá dez dias para apresentar a sua defesa. Após esse prazo, a relatora da Comissão Processante, vereadora Conceição, apresentará o relatório que será apreciado na plenária. 
A decisão pode ser pelo arquivamento ou pela continuidade do Processo e culminar com a cassação do mandato do prefeito acusado  de corrupção.

quinta-feira, 22 de maio de 2014

CUBA, O INFERNO NO PARAÍSO.

 
- Fome e miséria...
Se vocês lerem este artigo, vão entender porque os médicos cubanos
assinaram contrato para receber apenas 400 dólares por mês no Brasil;
em torno de R$ 1.000,00 ou seja, pouco mais que nosso salário mínimo.
Isto é um ótimo salário para os padrões de Cuba.
 
 
 
Juremir Machado da Silva
Correio do Povo, Porto Alegre (RS).
 
Na crônica da semana passada, tentei, pela milésima vez, aderir ao
Comunismo. Usei todos os chavões que conhecia, para justificar o
projeto cubano. Não deu certo. Depois de 11 dias na ilha de Fidel
Castro, entreguei, de novo, os pontos. O problema do socialismo é, sempre, o
real. Está certo que as utopias são virtuais; o lugar, não. Mas, tanto
problema com a realidade inviabiliza qualquer adesão. Volto chocado: Cuba é
uma favela no paraíso caribenho. Não fiquei trancado no mundo cinco estrelas
do hotel Habana Libre. Fui para a rua. Vi, ouvi e me estarreci. Em 42
anos, Fidel construiu o inferno ao alcance de todos. Em Cuba, até, os
médicos são miseráveis. Ninguém pode queixar-se de discriminação. É, ainda,
pior. Os cubanos gostam de uma fórmula cristalina: Cuba tem 11 milhões de
habitantes e 5 milhões de policiais. Um policial pode ganhar até quatro
vezes mais do que um médico, cujo salário anda em torno de 15 dólares
mensais. José, professor de História, e Marcela, sua companheira, moram num
cortiço, no Centro de Havana, com mais dez pessoas (em outros, chega a
trinta). Não há mais água encanada. Calorosos e necessitados de tudo,
querem ser ouvidos. José tem o dom da síntese: 'Cuba é uma prisão, um cárcere
especial. Aqui, já se nasce prisioneiro. E a pena é perpétua. Não
podemos viajar e somos vigiados, em permanência. Tenho uma vida tripla:
nas aulas, minto para os alunos. Faço a apologia da revolução. Fora, sei que
vivo um pesadelo. Alívio é arranjar dólares com turistas'.
José e Marcela, Ariel e Julia, Paco e Adelaida, entre tantos com quem
falamos, pedem tudo: sabão, roupas, livros, dinheiro, papel
higiênico, absorventes. Como não podem entrar, sozinhos, nos hotéis de
luxo que dominam Havana, quando convidados por turistas, não perdem tempo:
enchem os bolsos de envelopes de açúcar. O sistema de livreta, pelo qual os
cubanos recebem do governo uma espécie de cesta básica, garante comida, para
uma semana. Depois, cada um que se vire. Carne é um produto impensável. José e
Marcela, ainda assim, quiseram mostrar a casa e servir um almoço de domingo:
arroz, feijão e alguns pedaços de fígado de boi. Uma festa. Culpa do embargo
norte-americano? Resultado da queda do Leste Europeu? José não vacila:
'Para quem tem dólares, não há embargo. A crise do Leste trouxe um
agravamento da situação econômica. Mas, se Cuba é uma ditadura, isso nada
tem a ver com o bloqueio'.Cuba tem quatro classes sociais: os altos
funcionários do Estado, confortavelmente instalados em Miramar; os militares
e os policiais; os empregados de hotel (que recebem gorjetas em dólar); e o
povo. 'Para ter um emprego num hotel, é preciso ser filho de papai, ser
protegido de um grande, ter influência', explica Ricardo, engenheiro que
virou mecânico e gostaria de ser mensageiro nos hotéis luxuosos de redes
internacionais. Certa noite, numa roda de novos amigos, brinco que quando
visito um país problemático, o regime cai, logo depois da minha saída.
Respondem em uníssono: 'Vamos te expulsar daqui agora mesmo'. Pergunto: por
que não se rebelam, não protestam, não matam Fidel? Explicam que foram
educados para o medo, vivem num Estado totalitário, não têm um líder de
oposição e não saberiam atacar com pedras, à moda palestina. Prometem, no
embalo das piadas, substituir todas as fotos de Che Guevara espalhadas pela
ilha, por uma minha, se eu assassinar Fidel para eles. Quero explicações,
definições, mais luz. Resumem: 'Cuba é uma ditadura'. Peço demonstrações.
'Aqui, não existem eleições. A democracia participativa, direta,
popular, é um fachada para a manipulação. Não temos campanhas eleitorais, só
temos um partido, um jornal, dois canais de televisão, de propaganda,
e, se fizéssemos um discurso, em praça pública para criticar o governo,
seríamos presos, na hora'. Ricardo Alarcón aparece, na televisão, para dizer
que o sistema eleitoral de Cuba é o mais democrático do mundo. Os
telespectadores riem: 'É o braço direito da ditadura. O partido indica
o candidato a delegado de um distrito; cabe aos moradores do lugar
confirmá-lo; a partir daí, o povo não interfere em mais nada. Os
delegados confirmam os deputados; estes, o Conselho de Estado; que consagra
Fidel'. Mas, e a educação e a saúde para todos? Ariel explica: 'Temos
alfabetização e profissionalização, para todos; não, educação. Somos
formados, para ler a versão oficial; não, para a liberdade. A educação
só existe, para a consciência crítica, à qual não temos direito. O sistema
de saúde é bom e garante que vivamos mais tempo para a submissão'. José
mostra-me as prostitutas, dá os preços e diz que ninguém as condena: 'Estão
ajudando as famílias a sobreviver'. Por uma de 15 anos, estudante e
bonita, 80 dólares. Quatro velhas negras olham uma televisão em preto e
branco, cuja imagem não se fixa. Tentam ver 'Força de um Desejo'. Uma
delas justifica: 'Só temos a macumba (santería) e as novelas, como alento.
Fidel já nos tirou tudo. Tomara que nos deixe as novelas brasileiras'. Antes
da partida, José exige que eu me comprometa a ter coragem de, ao chegar ao
Brasil, contar a verdade que me ensinaram: em Cuba só
há 'rumvoltados'.
E, ainda, existem brasileiros que defendem isso e
querem e desejam isso, para o Brasil!
\-----------------
Encaminhado por quem gosta de degustar uma Cuba Libre Mister JUMM
 

PARÁ SEM COMANDO

O último que sair apaga as luzes!!
O governador Simão Jatene(PSDB) pediu licença à Alepa (já concedida ontem) para ir a Paris, de 24 deste mês a 1º de junho, receber a certificação internacional de Estado Livre da Febre Aftosa e participar da celebração dos 90 anos do Brasil como membro fundador da Organização Mundial de Saúde Animal - OIE.
...
O vice-governador Helenilson Pontes(PSD), então, tratou de arrumar o que fazer, no mesmo período, nos EUA. Também já foi autorizado.
Por sua vez, o presidente da Alepa, deputado Márcio Miranda(DEM), ainda não informou para onde vai, mas certamente estará ausente do Pará nos tais dias. O governo ficou que nem peste, todo mundo fugindo, para não se tornar inelegível. Esse tipo de vacância ninguém quer. Mas a Desembargadora Luzia Nadja Nascimento assumirá e todos sobreviveremos sãos e salvos até o retorno do titular.

João Paxiuba

quarta-feira, 21 de maio de 2014

-QUE CULTURA!!!


RISCO DE APAGAO

Esta semana, um jornalista da Folha de São Paulo, uma dessas "viúvas do socialismo falido", entrevistou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.
 

A uma certa altura, visivelmente tentando colocar o entrevistado em saia justa, o ilustre cidadão perguntou:
 
Lula já elegeu dois postes: Dilma e Fernando Haddad. O senhor acha que ele vai conseguir eleger o terceiro, Padilha, para Governador de São Paulo?"

Ao que FHC brilhantemente respondeu:


"Sinceramente eu não sei. Mas espero que Lula pare de eleger "postes sem luz", pois o Brasil corre o risco de ficar totalmente às escuras..."
_______
Encaminhada pelo glorioso Mister JUMM

terça-feira, 20 de maio de 2014

ABERTA A TEMPORADA DE CAÇA AOS TEMPORÁRIOS

Itaituba - Eliene Nunes prefeita do município, conforme denuncia o Blog do Jornalista Jota Parente, determinou ao Secretario de Administração e Finanças efetuar a demissão de considerável quantitativo de  servidores temporários, para enxugar a Folha de Pagamento, que encontra-se acima do limite tolerável para poder ser controlado o gerenciamento  da receita/despesa com pessoal.
 
Segundo uma pessoa vinculada à assessoria do Gabinete da  Prefeita, há uma certa preocupação com a decisão, pois o corte de pessoal deve atingir todos os setores de trabalho do Poder Executivo, que abriga funcionários necessários para o bom funcionamento da estrutura administrativo-operacional da Prefeitura, residindo maior preocupação nos funcionários indicados por políticos e principalmente pelos vereadores que deverão ter dificuldades para assimilar a ideia de seus "chegados" ficarem sem vínculo de trabalho.
 
O certo é que Eliene Nunes, com disposição e demonstrando seriedade faz adoção de uma medida drástica e impopular com o fito de sanear as finanças da Prefeitura.
 
É fácil  pressupor que as pessoas que forem exoneradas, se voltarão contra a combalida imagem da prefeita enquanto gestora, contribuindo para uma maior rejeição politica. Infelizmente é perceptível  que o trabalho de planejamento da Gestão Eliene Nunes não funcionou, já que contratar a torto e a direito redundaria  nisso que no momento se apresenta, e arranha mais a face politica da prefeita e sua administração.
 

PROMOTOR QUE ATUOU EM ITAITUBA MORRE EM ACIDENTE

Jorge Delano - Promotor de Justiça
 
O corpo do Promotor de Justiça Jorge Delano da Silva, 41 anos, foi velado no auditório do edifício-sede do Ministério Público do Pará, na Cidade de Maracanã, nordeste do estado do Pará, na noite de sábado, 17. O titular da promotoria de Maracanã foi encontrado morto na manhã de sábado, após um acidente de carro ocorrido na sexta-feira, 16, quando se deslocava para Belém.
O acidente ocorreu na PA-320, Curva do Abacate, trecho que fica entre 

Jambuaçu e o município de Igarapé-Açu, sentido Castanhal.
No acidente, faleceram ainda a servidora do MPE, Leila do Socorro do Nascimento da Silva, e o oficial de Justiça de Maracanã, Clemente Oliveira dos Anjos.

Os três foram encontrados mortos na manhã de sábado, no interior do carro do Promotor, dentro do igarapé da Curva do Abacate, na localidade de Jambuaçu, zona rural de Igarapé-Açu.
INQUÉRITO: A Polícia Civil instaurou inquérito policial para apurar as circunstâncias das mortes de Jorge Delano; do servidor do fórum de Maracanã, Clemente Oliveira dos Anjos, e da secretária do Promotor, Leila Marques.
Segundo a Polícia Civil, as suspeitas são de acidente, mas somente a perícia poderá informar por meio do laudo do local do fato. Jorge Delano era Promotor de Justiça em Maracanã há dois anos.
As suspeitas preliminares são de que o carro tenha saído da pista, ao passar na curva, pois a estrada estaria alagada, por conta do transbordamento do igarapé. (leia mais...)
Reproduzido do Blog do confrade Deck Melo
 
 

segunda-feira, 19 de maio de 2014

-QUE CULTURA!!!


PARÁ, SEGUE NA LANTERNA DE INVESTIMENTOS

 
Pará segue na lanterna de investimentos (Foto: Alex Ribeiro)O tucano Simão Jatene se arrisca a entrar para a história como o pior governador do Pará dos últimos 20 anos – pelo menos. No ano passado, pela terceira vez consecutiva, o Pará foi o lanterninha de investimentos na região Norte, quando se comparam os percentuais dos investimentos com os gastos totais do governo.

Em 2013, o Pará gastou R$ 16,608 bilhões – mas destinou a investimentos apenas 7,19% dessa montanha de dinheiro. O restante foi quase todo consumido pelas despesas de custeio – aquelas que apenas mantêm a máquina pública funcionando, sem ampliar a oferta de serviços.No mesmo ano (2013), o estado do Acre destinou a investimentos 17,26% de suas despesas. O Amazonas aplicou em investimentos 16,51% de seus gastos; Roraima,12,71%; Rondônia, 11,71%; o Amapá, 11,22%, e o Tocantins, 10,19%.

O Pará perdeu feio até mesmo para dois estados paupérrimos do Nordeste, que costumam disputar com ele a lanterninha dos indicadores sociais: Maranhão e Piauí. Em 2013, o Piauí destinou a investimentos 15,71% da despesa total – ou mais que o dobro do Pará. Já o Maranhão investiu 10%.

Pior: 2013 foi também o terceiro ano consecutivo em que o Pará perdeu feio até para o Piauí e o Maranhão. Os gastos dos estados foram extraídos pelo DIÁRIO dos relatórios resumidos de execução orçamentária (RREOS) que eles enviam para a Secretaria do Tesouro Nacional, dos balanços gerais do Estado do Pará e do balancete de dezembro de 2013 do Pará.Os percentuais de investimento dos estados foram calculados pelo DIÁRIO, à exceção dos percentuais do Pará de 2011 e 2012, que foram apenas copiados dos balanços gerais do Estado. Você mesmo pode checar as contas, se quiser: basta pegar uma calculadora e dividir o valor do investimento pelo valor da despesa de cada ano e multiplicar por 100.
 
O próprio Jatene, em seu primeiro governo, teve um desempenho bem superior: investiu 8,98% em 2003; 10,61%, em 2004; 12,11%, em 2005, e 13,70% em 2006. Já a petista Ana Júlia Carepa, que investiu apenas 6,46% em 2007, conseguiu elevar os investimentos para 9,80% em 2008; 8,10%, em 2009; e 11,15%, em 2010 – e isso apesar da crise financeira internacional.

No entanto, nem Jatene nem Ana Júlia conseguiram ao menos se aproximar do desempenho do ex-governador Almir Gabriel, que manteve os investimentos acima de 10% por seis anos consecutivos, e até emplacou o recorde das últimas duas décadas: 16,57%, em 1998.
(Diário do Pará)

domingo, 18 de maio de 2014

O BRASIL PEDE SOCORRO

PRESTA ATENÇÃO NAÇÃO!


 
Encaminhado pelo indignado Míster JUMM
ATENÇÃO BRASILEIRO, SE VC PENSA QUE A DILMA GANHA FÁCIL, ESTÁ ENGANADO, ELA SÓ GANHA SE VOCÊ NÃO FOR LÁ E VOTAR CONTRA, VEJA OS NUMEROS ABAIXO.  TODOS NÓS QUE QUEREMOS O BEM DO NOSSO PAÍS,TEMOS A OBRIGAÇÃO DE AVISAR OS DESAVISADOS.Não fique em cima do muro, se não votar a favor, vote contra, votos nulos e brancos são maléficos eles beneficiam o pior.
O inteligente percebe a burrice antes de fazê-la o burro nem depois.