RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

sábado, 21 de abril de 2018

Presidente do Sindicato dos Rodoviários é baleado durante manifestação

Presidente do Sindicato dos Rodoviários é baleado durante manifestação (Foto: Via WhatsApp)
Huelem Ferreira, presidente do Sindicato dos Rodoviários de Ananindeua e Marituba, foi baleado durante a caminhada da categoria, que ocorria na noite deste sábado (21), na rodovia BR-316, em Ananindeua.
Segundo uma nota do Sindicato dos Rodoviário de Belém, ele foi hospitalizado na UPA da Cidade Nova após ser atingido por uma bala de borracha.
Tudo aconteceu quando os trabalhadores estavam próximo ao supermercado Líder. Um cobrador que participava da manifestação contou ao DOL que a Polícia Militar chegou disparando bombas de efeito.
“Não era necessário. Não estava tendo quebra-quebra, confusão e nem estávamos mais bloqueando a passagem dos carros”, contou. “Muitos pais de família, trabalhadores, ficaram feridos”.
Ainda segundo o cobrador, ele teve o celular tomado por um dos policiais por filmar a confusão. “Ele me tomou e disse que iria levar para o 6º BPM”. Outras pessoas que também registravam a confusão tiveram que ter as imagens apagadas, segundo ele.
O cobrador contou ainda que um outro cobrador que tentou ajudar Huellen, após ele ser baleado, foi agredido com socos pela PM.
“Ele (Huellen) foi jogado na viatura. Não deixaram nem a gente chegar perto para saber se os tiros haviam sido de bala de borracha mesmo”, afirmou.
"Vamos apoiar no que for preciso nossos companheiros de Ananindeua e Marituba. Esta luta é nossa e vamos permanecer unidos", disse Altair Brandão, presidente do Sindicato dos Rodoviários de Belém.
(DOL)

Investigados por fraude, ex-diretores do Detran terão que devolver mais de R$ 20 milhões

Investigados por fraude, ex-diretores do Detran terão que devolver mais de R$ 20 milhões  (Foto: Arquivo)
Quatro servidores do Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran/PA) são alvos de ação de improbidade administrativa por irregularidades em licitações. O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) deu entrada na Justiça, na sexta-feira (20), em uma Ação Civil Pública (ACP) que pede a indisponibilidade de bens dos envolvidos, no valor de R$ 20 milhões.
Segundo o MP, os investigados são: os ex-diretores-gerais, Walter Wanderley de Paula Pena e Agostinho Queiróz Soares; o procurador jurídico do órgão à época; além da pregoeira e presidente da Comissão Permanente de Licitação do órgão, Patrícia Regina Leotty da Cunha.
A filial da empresa Servi-San Vigilância e Transporte de Valores LTDA, que prestava serviços ao Detran/PA de forma irregular, sem nenhuma espécie de legalidade na contratação, também é denunciada no processo.
A ação, com pedido de medida liminar de indisponibilidade de bens, foi proposta pelo 1º Promotor de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Moralidade Administrativa do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), Daniel Henrique Queiroz de Azevedo.
FRAUDE EM PROCESSO LICITATÓRIO
Os quatro servidores, que exerciam cargos de confiança no órgão, são acusados de fraudarem processo licitatório na autarquia, agindo de forma ilegal para realizar a dispensa de licitação para a contratação da empresa Servi-San Vigilância e Transporte de Valores LTDA, que passou a prestar serviços para o Detran/PA sem nenhum instrumento legal que justificasse a contratação.
Segundo o promotor, a indisponibilidade dos bens objetiva garantir o ressarcimento integral do dano causado aos cofres públicos paraenses no valor total de R$ 20.810.810,07.
INVESTIGAÇÕES
As investigações iniciais das irregularidades foram apontadas durante a instrução de dois inquéritos civis fundamentados no artigo 24, da Lei Federal 8.666/93 (Lei Geral de Licitações), que apuraram as dispensas de licitação nº 2/2013 e nº 15/2013, para a prestação de serviços de guarda e vigilância armada dos prédios e áreas de propriedade do Estado do Pará, sob utilização do Detran. 
A ACP decorreu da conclusão dos dois inquéritos, que tramitaram nas 1ª e 4ª Promotorias de Improbidade Administrativa do MPPA, respectivamente o de número 000177-116/2013, que apurou a dispensa de licitação 2/2013, resultando no contrato “emergencial” nº 17/2013 da empresa Servi-San no Detran, e o de nº 0022132-116/2013, instaurado para apurar a celebração da dispensa nº 15/2013, que resultou no contrato emergencial 64/20213, na autarquia.
Os dois procedimentos, que já estavam instruídos com diversos documentos, foram reunidos e juntados a outras documentações e provas, que resultaram na ação interposta pelo 1ª Promotoria de Patrimônio e Moralidade Administrativa.
A constatação das irregularidades na contratação da empresa de vigilância e da fraude aos cofres públicos foi confirmada com a ajuda da análise da assessoria técnica do Ministério Público do Estado, especializada em licitações.
Segundo Daniel Azevedo, “na análise detalhada, minuciosa e brilhante, feita pela Assessoria Técnica Especializada do Ministério Público, por meio da Nota nº 03- 2018/PJDC/DPP/MA”, ficou constatada que nenhuma das referidas contratações emergenciais foram fruto de dispensas justificadas e legalmente fundamentadas, pois decorreram de “urgências fabricadas”, por atos dos administradores do Detran/PA, à época, com auxílio de servidores da procuradoria jurídica e da comissão de licitação do órgão.

-QUE CULTURA!!!

HERRAR É UMANO

Acusados de executar advogado são presos

Acusados de executar advogado são presos (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
A Polícia Civil apresentou, nesta sexta-feira (20), em Belém, os presos Josoé Oliveira Barros, de apelido "Zé Barrão", e Francisco Mendes de Oliveira, conhecido como Pitbull, presos na última quarta-feira, em Altamira, acusados de serem os executores do advogado Mário Pinto da Silva. O crime ocorreu em 7 de novembro do ano passado, em São Félix do Xingu, sudeste do Pará.
Os dois foram presos por policiais civis de Altamira e transferidos para Belém por policiais da Divisão de Homicídios, responsável pelas investigações do crime.
 As informações foram apresentadas em entrevista coletiva presidida pelo delegado-geral Claudio Galeno e com as presenças de representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção Pará, tendo à frente o advogado Eduardo Imbiriba, secretário geral da OAB Pará e presidente da Comissão de Defesa de Direitos e Prerrogativas da Ordem.
Josoé é apontado como responsável em deflagrar os disparos e conduzir a moto usada no crime, enquanto que Francisco foi responsável em monitorar a vítima e repassar à Josoé a localização do advogado para que o crime fosse cometido. As investigações apontaram que o crime foi resultado da cobrança de uma multa ambiental no valor de quase R$ 1 milhão.
Foi identificado o casal de ruralistas - Antônio Honorato de Souza e Odaleia Carneiro de Souza - como mandantes do crime. Os dois estão com mandados de prisão decretados pela Justiça, porém permanecem foragidos.
O delegado André explica que Honorato adquiriu uma propriedade rural, onde havia sido realizada uma extração ilegal de madeira que, na época, foi detectada pelo Ibama. O órgão ambiental aplicou uma multa ao proprietário da terra. Contudo, o terreno foi vendido para Honorato.
O advogado entrou na causa para colocar a multa em nome de Honorato para que ele assumisse o ônus da multa e tentar repassar ao antigo dono. Por causa disso, explica o delegado, Honorato e sua mulher decidiram contratos Josoé e Francisco para executar o advogado.
(Com informações da Polícia Civil)

quarta-feira, 11 de abril de 2018

OPERÁRIA DO DIREITO ESTARIA ANDANDO NA CONTRA MÃO

● OAB – Óbidos / Santarém lançam nota em defesa da advogada Iviny Pereira Canto, presa em Oriximiná na segunda (9) acusada de diversos crimes – A OAB repudia a maneira de como condenaram a advogada nas redes sociais, pois as acusações contra ela se encontram em fase investigativa e ela tem o direito constitucional da presunção de inocência, veja a nota▼

Título RP

Pastor acusado de fazer parte de grupo de extermínio é preso no RJ

Um pastor de uma igreja evangélica foi preso nesta terça-feira (10), no Rio de Janeiro, acusado de fazer parte de um grupo de extermínio que atua na Baixada Fluminense e que teria assassinado mais de 30 pessoas nas décadas de 1970 e 1980.
Renato Gomes é ex-policial militar, tem 75 anos e já tinha sido condenado a 35 anos de prisão em 2004.
Segundo a Polícia Civil, ele disse ter perdido as contas de quantas mortes participou. O pastor ficou 21 anos preso e fugiu para o interior em 2004, quando recebeu liberdade condicional.
Enquanto estava solto, foi novamente condenado pela 2ª Vara Criminal da Comarca da Capital a pena de 35 anos de detenção.
*Informações do repórter Rodrigo Viga

PF indicia ex-prefeito do Pará por fraude na Previdência


PF indicia ex-prefeito do Pará por fraude na Previdência (Foto: Divulgação/PF)
A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (11), no Pará e mais três Estados, a operação Colinas de Rocha, 2º fase da Operação Olho de Tandera, deflagrada em setembro de 2017, para investigar desvios de recursos de Institutos de Previdência. Ao todo, são cumpridos 10 mandados de prisão preventiva e 17 mandados de busca e apreensão no Pará, Amapá, Tocantins e Santa Catarina. 

Essa etapa tem o intuito de encerrar as investigações sobre a gestão fraudulenta do Fundo de Previdência de Oeiras do Pará, onde se descobriu a apropriação indébita de R$ 14,8 milhões, quantia equivalente a mais da metade dos recursos do instituto de previdência do município, com o indiciamento do ex-gestor do Fundo e do ex-prefeito municipal. 

No decorrer da investigação identificou-se a existência de indícios de corrupção passiva e lavagem de dinheiro praticado pelos investigados

A operação tem por objetivo finalizar a investigação envolvendo grupo empresarial criminoso presente nesses Estados, que atuava irregularmente no mercado financeiro, captando recursos de Institutos de Previdência de servidores municipais para aplicação no Sistema Financeiro Nacional. 

A operação foi batizada com o nome do quarto ciclo do Inferno de Dante, que corresponde ao local onde se encontram os gananciosos, pródigos e avarentos.

(Com informações da PF)

Sindicato dos delegados da PF pede transferência de Lula

Mariana Ohde e William Bittar - CBN Curitiba
O sindicato afirma, entre outros pontos, que a presença do ex-presidente oferece riscos aos moradores e funcionários da PF.
O Sindicato dos Delegados de Polícia Federal do Estado do Paraná (SinDPF/PR) solicitou nesta quarta-feira (11) por meio de um ofício enviado à Superintendência da PF, a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para um local que ofereça condições melhores de segurança e que não cause transtornos ou riscos à população e funcionários da PF.
Lula está detido, desde sábado (7), em uma cela especial na Superintendência da Polícia Federal no bairro Santa Cândida, em Curitiba. Desde a prisão do ex-presidente, manifestantes permanecem no local e o PT garantiu que a mobilização será constante até que Lula seja solto.
Segundo o sindicato, no local onde o ex-presidente está hoje, são realizados atendimentos ao público em geral, como emissão de passaportes e antecedentes criminais. “Assim, diariamente, centenas de pessoas que frequentam estas instalações precisam, por razões diversas e relevantes, de segurança e agilidade no atendimento”, diz o sindicato.
O SinDPF/PR ressalta a presença dos manifestantes e a necessidade de isolar a área em torno do prédio, o que já causou alterações na rotina dos moradores e pessoas que precisam de serviços da PF. “Além disso, os policiais federais envolvidos nesta operação de segurança estão sem poder desenvolver suas atividades policiais normalmente”.
O sindicato ainda reforça o risco que as mobilizações representam para moradores, visitantes e policiais, e denuncia supostas ameaças sofridas por eles. A instituição sugere que o ex-presidente seja transferido para uma unidade das Forças Armadas, que teria condições para mantê-lo.

domingo, 1 de abril de 2018

-QUE CULTURA!!!

Herrar é umano!

Resultado de imagem para placas com erros de portugues]

Fotos de professora e aluna na cama vazam e geram polêmica

Fotos de professora e aluna na cama vazam e geram polêmica (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)
Há limite para amar? Irina Ibragimkhalimova, professora de Biologia e vice-diretora de uma escola de ensino médio de Borovichi (Rússia), está sendo investigada pela polícia após vazar uma foto em que ela aparece na cama beijando uma aluna, identificada como Valeria Fedorova de 18 anos.
Foto: Reprodução 
Na foto, as duas parecem estar nuas sob um cobertor. A imagem viralizou nas redes sociais russas e chegou até autoridades de Borovichi, cidade a 440 quilômetros de Moscou.
À reportagem do portal inglês "Mirror", Valeria alegou que a imagem foi alterada digitalmente e, portanto, seria falsa. "É só olhar os seios. Não são do meu tamanho", defendeu-se a russa, agora com 18 anos.
Foto: Reprodução

Apesar da "defesa" de Valeria, outras imagens - mais comportadas, é verdade - mostram que a professora e a aluna tinham uma relação bem próxima.
Foto: Reprodução

Supostas mensagens trocadas entre as duas também vazaram. Em uma delas, Irina, de 41 anos, diz amar Valeria. "Eu te amo. Palavras são inúteis. Meu coração bate loucamente", teria escrito ela.
Foto: Reprodução
A polícia está trabalhando com o Departamento de Educação no caso.
(DOL)

STJ derruba decisão do TJPA que absolve deputado Luiz Sefer por estupro de menina de 9 anos

Parlamentar entrou com recurso pedindo anulação da decisão. 
Ele foi condenado por abusar sexualmente de uma criança, em 2010; mas absolvido em novo julgamento no ano seguinte. Sefer é atualmente deputado estadual no Pará.

Superior Tribunal de Justiça (STJ) derrubou a decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA), que absolvia o deputado estadual Luiz Sefer, pela acusação de estupro de uma menina de 9 anos, em setença divulgada no dia 23 de março. A publicação decretou o restabelecimento da condenação de 2010, em primeira instância, a 21 anos de reclusão.
A defesa do deputado informou que, na última segunda-feira (26), entrou com recurso no STJ e STF pedindo que esta decisão seja anulada.
Após a condenação, um recurso impetrado pela defesa garantiu um novo julgamento que absolveu Sefer, em 2011, por dois votos a um no tribunal paraense. O Ministério Público recorreu ao Supremo para derrubar a setença. 
E agora, o STJ acolheu o depoimento da vítima e determinou o retorno dos autos ao tribunal de origem para julgamento.
Denúncia
Atualmente, Sefer é deputado estadual no Pará pelo Partido Progressista (PP). Segundo denúncia que condenou Luiz Sefer, a vítima foi trazida do interior do Pará para trabalhar na casa do deputado e sofreu abusos sexuais por três anos consecutivos.
Um dos filhos dele, Gustavo Sefer, na época um adolescente, também foi apontado por participar do crime, segundo a denúncia do Ministério Público. Hoje, com 27 anos, Gustavo é vereador de Belém.

sábado, 31 de março de 2018

'Enfia essa pergunta na bunda', diz o ministro Gilmar Mendes a repórter

'Enfia essa pergunta na bunda', diz o ministro Gilmar Mendes a repórter (Foto: Reprodução)
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes se descontrolou ao ouvir uma pergunta feita por um repórter do jornal Folha de São Paulo durante um seminário de direito em Lisboa, Portugal.
O jornalista perguntou quem comprou as passagens e se encarregou das despesas do ministro para Portugal; a resposta foi constrangedora para o próprio juiz, que se vê envolvido em uma série de polêmicas devido a sua postura pouco condizente com a de um juiz.
“Devolva essa pergunta ao seu editor, manda ele enfiar isso na bunda. Isso é molecagem, esse tipo de pergunta é desrespeito, é desrespeito”, disse, nitidamente alterado.
Gilmar Mendes negou que o STF pagou sua passagem e suas despesas em Lisboa, embora documentos oficiais comprovem o gasto. Questionado sobre quem então havia comprado suas passagens, Gilmar preferiu o silêncio.
UOL

Estação espacial em queda livre irá atingir a Terra nesta segunda-feira

Estação espacial em queda livre irá atingir a Terra nesta segunda-feira (Foto: Reprodução)
A estação espacial chinesa que está caindo  poderá entrar na atmosfera e cair na Terra na manhã da próxima segunda-feira (2), informou a Agência Espacial Europeia neste sábado (31).
Porém não há motivos para preocupação, pelo contrário. Segundo as autoridades chinesas, a queda da estação (que serviu como uma espécie de laboratório espacial) provocará um espetáculo semelhante a uma chuva de meteoritos.
A Agência Espacial Europeia chegou a divulgar na última quarta-feira (28) imagens da estação em queda livre (acima). As estimativas de dia e horário da queda, porém, têm variado bastante e ainda podem mudar.
As imagens foram captadas via radar pelo instituto de pesquisa alemão Fraunhofer FHR na semana passada, quando a estação espacial estava a uma altitude aproximada de 270 quilômetros. Agora, a ESA estima que a estação esteja a uma altitude de 200 quilômetros.
(Fonte: Terra)

quarta-feira, 28 de março de 2018

Médico é preso por abusar de mulheres durante perícia do INSS

Médico é preso por abusar de mulheres durante perícia do INSS (Foto: Reprodução)
Acusado de crimes de violação sexual mediante fraude e de tentativa de estupro, ocorridos dentro de um consultório de um posto do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), o médico e perito Célio Neves Retondaro, de 70 anos, foi preso no último dia 15, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio. Ele teve a prisão decretada pela Justiça Federal, após ser condenado em segunda instância pelo Tribunal Regional Federal, a uma pena de 21 anos e seis meses de prisão.
Segundo o Ministério Público Federal, pelo menos cinco mulheres foram vítimas do médico, que é especializado em medicina do trabalho, entre os anos de 2011 e 2013. Todas eram seguradas que precisaram passar por perícia médica para obter o benefício de auxílio-doença e tinham entre 30 e 40 anos de idade, na época dos fatos.

Alvo de um processo administrativo, por conta das denúncias de abuso, o perito perdeu o cargo que ocupava e foi demitido do serviço público. As vítimas prestaram depoimento e relataram que os ataques aconteceram durante o exame pericial, em um dos consultórios de um posto do INSS de Petrópolis.

Segundo Charles Stevan, procurador da Procuradoria da República no município de Petrópolis e responsável pela denúncia que resultou na condenação de Célio Retondaro, uma das vítimas relatou que, quando estava sendo examinada, o médico chegou a colocar o pênis para fora da calça e tentou segurar a mão da paciente. O estupro não foi consumado porque ela reagiu com gritos.
Uma outra segurada contou em depoimento ter sido apalpada nos seios pelo médico. Um terceira afirmou que o perito lhe deu um um tapa nas nádegas, quando ela se levantava de uma maca, onde havia sido examinada. No mesmo processo, uma quarta mulher disse ter tido a saia levantada pelo perito durante o atendimento.
Todos os abusos ocorreram quando as seguradas estavam sozinhas com o médico. Uma das vítimas foi assediada em três ocasiões distintas pelo perito. Segundo o procurador, após passar pelo primeiro abuso, ela ainda tentou pedir que o novo exame fosse feito por outro profissional, mas não conseguiu a transferência. "Essa que passou por mais de um episódio de assédio, tentou na verdade, quando soube que seria novamente analisada por este perito, pedir que houvesse uma troca disso (de médico). Mas, foi informada na ocasião, que a escolha era feita pelo sistema informatizado e que naquele momento não era possível fazer esta troca. Então mesmo contra a vontade ela teve que se submeter a isso", disse o procurador.
Segundo Charles Stevan, existe a hipótese de que outras mulheres que não procuraram a polícia também tenham sido sido assediadas por Célio Neves Retondaro. "Foi graças as mulheres que tiveram coragem de denunciar que conseguimos tirar esse médico do serviço público", disse o procurador.
Célio Neves Retondaro começou a ser investigado em 2011, mas o caso acabou sendo remetido para a Divisão da Polícia Federal de Petrópolis, que concluiu a investigação.
"O caso foi remetido para a Polícia Federal já que o crime ocorreu no interior de um órgão federal", disse a delegada Daniele Amorim, que trabalhava como delegada adjunta na seccional na época dos fatos, e que atualmente, está à frente da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Belford Roxo.
Célio Neves Retondaro chegou a ser absolvido das acusações em um primeiro julgamento, também feito pela Justiça Federal. O MPF recorreu da decisão inicial e caso foi julgado em segunda instância pelo TRF, ocasionando a condenação.
Segundo a Secretaria estadual de Administração Penitenciária (Seap), o médico está recolhido em um presídio do sistema penitenciário desde o último dia 15. O nome da unidade não foi revelado. A reportagem não conseguiu contato com o advogado do médico.
(Com informações do Extra)

Cinco presos sãos presas na operação "Império Obscuro" da Policia Civil em São Félix do Xingu

Cinco presos em operação da Civil em São Félix do Xingu
A Polícia Civil deflagrou, nesta terça-feira (27), a operação denominada Império Obscuro como resultado de investigação sobre práticas criminosas, entre as quais, corrupção ativa, lavagem de dinheiro, fraudes tributárias, formação de cartel e comercialização ilegal de armas de fogo. Cinco pessoas foram presas em cumprimento a mandados judiciais de prisão. Duas pessoas estão foragidas.

Além das prisões, 21 mandados judiciais de busca e apreensão domiciliar foram cumpridos. A operação foi realizada de forma simultânea nas cidades de São Félix do Xingu, Tucumã e Marabá, no sudeste do Pará. Foram presos em Tucumã, Cézar Randolfo Pimentel Alves e o filho dele Randolfo Alves de Campos Neto.
Em Marabá, foi preso Anilton Vieira dos Santos e, em São Félix de Xingu, foram presos Jhonson dos Santos Barbosa e Welington Albuquerque. Este último, ao ser preso, foi flagrado com armas de fogo e munições em sua casa. Cézar Alves e Randolfo Alves são apontados como os principais alvos do esquema criminoso e foram o centro de todo o trabalho investigativo. Anilton, por sua vez, atuava como contador de Cezar Alves no esquema criminoso e também como intermediador do pagamento de propinas a diversos servidores públicos. Jhonson Barbosa é apontado como “braço direito” de Cézar Alves no esquema e Welington é acusado de participar do comércio ilegal de armas.
Segundo o delegado Pedro Henrique Andrade, titular da Superintendência da Polícia Civil do Alto Xingu, região que abrange oito cidades do sudeste do Pará, o alvo principal da operação foram pessoas que conquistaram bens patrimoniais elevados acima de suas realidades financeiras por meio de pagamento de propinas a servidores públicos de órgãos estaduais em São Félix do Xingu e de servidores vinculados à prefeitura da cidade.
Os pagamentos das propinas, explica o delegado, visavam permitir práticas de sonegação fiscal e de ocultação de patrimônio. “Foi possível identificar diversas pessoas que atuavam como intermediadores para pagamentos de propina a servidores ligados à Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), à Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) e à Secretaria Municipal de Meio-Ambiente, Saneamento e Mineração (Semmas) de São Felix do Xingu”, destaca.

quarta-feira, 7 de março de 2018

Tio é acusado de estuprar três sobrinhas; uma delas está grávida

Tio é acusado de estuprar três sobrinhas; uma delas está grávida (Foto: Divulgação/Polícia Civil Bahia)
Climério Manoel dos Santos, de 50 anos, foi preso nesta segunda (5) acusado de violentar sexualmente três sobrinhas há dois anos, desde que elas tinham 8, 10 e 12 anos. O crime aconteceu em Vera de Cruz, na Bahia. Ele será encaminhado para o Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador.
As investigações foram feitas pela 24ª Delegacia Territorial (DT) que afirma que Climério confessou o crime. O acusado foi preso em cumprimento a um mandado de prisão preventiva.
A mãe das adolescentes, que não teve a identidade revelada, descobriu a sequência de abusos e denunciou quando a filha mais dela, atualmente com 14 anos, apareceu grávida do tio.
(Com informações do portal Bahia no Ar)

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Acusado de feminicídio em Altamira é preso quando fugia para Tucuruí

Deusdete Nascimento foi preso tentando fugir para Marabá, Via Tucuruí, ele tem 27 anos e é acusado de matar cruelmente,a ex companheira Leudiany Rodrigues de 32 anos, no bairro Dom Lorenzo, periferia de Altamira, no sudoeste do Pará, o crime foi durante a tarde deste sábado (24), a polícia militar iniciou uma caçada ao acusado que fugiu apenas com uma mochila nas costas.
Já por volta da meia noite deste domingo, um motorista de ônibus informou a polícia civil que o acusado estava tentando deixar a cidade em um micro-ônibus que saiu da cidade com destino a Tucuruí o Delegado Mário Sastre acompanhado dos IPCs Barros e Santana conseguiu identificar o acusado em meio aos passageiros. Em Tucuruí uma equipe da Polícia Civil com apoio da PM se deslocou até 10 km na BR 422 (Rodovia que liga Tucurui a Novo Repartimento), foi abordada a Van e localizado o acusado, que foi conduzido a 15° Seccional para os procedimento cabíveis.
Deusdete deve ser recambiado para Altamira, onde vai responder pelo crime contra Leudiany.
SOBRE O CRIME: O motivo do crime seria ciúmes, com o fim do relacionamento, Deusdete já vinha fazendo ameaças a ex companheira. Segundo a polícia militar, ele arrebentou a porta para entrar, usou uma faca para assassinar a vítima, os 5 golpes foram na região das costas, pescoço e peito, a vítima caiu no banheiro da casa. Uma perícia foi realizada pelo IML, com a prisão de Deusdete, a polícia fica agora no aguardo dos laudos periciais para finalizar a elucidação do caso.

Por: Felype Adms 

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Vasco pretende dominar confronto da Libertadores em casa e na altitude

Vasco pretende dominar confronto da Libertadores em casa e na altitude (Foto: Divulgação)
De fora das semifinais da Taça Guanabara, o Vasco aproveitou o domingo de Carnaval para trabalhar em São Januário de olho na terceira fase da Copa Libertadores da América. O técnico Zé Ricardo comandou uma atividade com portões fechados à imprensa, mas o lateral Henrique deixou claro qual deve ser a postura dos cruz-maltinos nos confrontos com o Jorge Wilstermann.
“É claro que eu queria estar na semifinal, mas, já que ficamos fora estamos, aproveitando para treinar. Com o plantel que temos, teríamos condições de dividir o time”, lamentou inicialmente o carioca de 23 anos, antes de projetar o jogo pelo torneio continental.
“Precisamos imprimir nosso ritmo aqui e lá. O jogo de lá não é nossa maior preocupação, não. Sabemos que o Vasco é muito conhecido, então eles vão pesar a história do Vasco”, explicou Henrique, minimizando a questão da altitude.
Na próxima quarta-feira, Vasco e Wilstermann abrem o duelo no Rio de Janeiro. Uma semana depois, a cidade de Sucre, que fica a 2.800 metros acima do nível do mar, receberá o jogo de volta.
“Sabemos que o jogo lá é complicado. Precisamos estar ligados com o tempo de bola, o jogo deles em si, o ritmo que eles imprimem dentro de casa…”, comentou Henrique, sem reclamar de ter os bolivianos como adversários. “Qualquer candidato que viesse estaria muito forte. Temos de buscar a vaga”.

O Vasco encarou o Universidad Concepción, do Chile, na abertura de sua campanha, pela segunda fase da Libertadores da América, e não teve qualquer problema para confirmar sua classificação. Goleou fora de casa por 4 a 0 e sacramentou a vaga com um triunfo por 2 a 0 em São Januário.
Passar pelo Jorge Wilstermann é o último desafio antes de entrar definitivamente da fase de grupos da competição. E o sorteio realizado pela Conmebol prevê que o vencedor do confronto se tornará integrante do grupo 5, que tem definidos Cruzeiro, Racing-ARG e Universidad de Chile.

Homem que se esfaqueou em supermercado teria estuprado filha adolescente

 Homem que se esfaqueou em supermercado teria estuprado filha adolescente (Foto: )
O caso do homem que anunciou ataque em um supermercado em Belém, e depois se esfaqueou, chocou os paraenses na noite deste sábado (10). A reportagem do DOL teve acesso com exclusividade ao Boletim de Ocorrência feita contra o autor da situação.
Segundo o relator do BO, o homem teria anunciado que mataria as pessoas no supermercado em que entrou com uma faca. Ainda segundo o relato, o causador da confusão estaria transtornado após ter violentado sexualmente a filha adolescente, e que moradores do bairro queriam matá-lo pelo ato.

 
O homem foi socorrido e operado no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), que informou para a reportagem que o quadro de saúde é estável.
O Caso
Clientes e funcionários do supermercado, na BR-316, passaram por momentos de terror na noite deste sábado (10). O homem invadiu o local e, armado com uma faca, ameaçou clientes. Em seguida, o homem começou a se esfaquear, causando pânico e correria. Um vídeo registrou a cena; veja.
Em áudios que circulam em grupos de WhatsApp, testemunhas contam que o homem abriu uma embalagem de facas para churrasco e começou a gritar "adeus mundo" golpeando a si mesmo no pescoço e outras partes do corpo.
(DOL)

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Indígena é encontrado morto em Jacareacanga-PA

O crime aconteceu na madrugada desta terça-feira (6) e chocou a população
Um crime na madrugada desta terça-feira (5) chocou os moradores do município de Jacareacanga-PA. O indígena Elinaldo Akay Munduruku, da Aldeia Katõ, de aproximadamente 30 anos de idade, foi encontrado morto nas proximidades da rede Celpa do município.
O indigena foi encontrado por populares, que acionaram a delegacia de policia. O assassinato ocorreu por volta das 05:30 quando Elinaldo se dirigia para sua residência. A PM está em diligências na tentativa de capturar os responsáveis.
A vítima é filho do Cacique Edmundo Tomé Akay Munduruku da aldeia Katõ. Após a divulgação do crime, muitas pessoas se concentraram no hospital municipal da cidade.
___Remendo RP
A forma violenta empregada no assassinato de Elinaldo Akay que recebeu profundo corte no pescoço, quase chegando a decaptação, impressiona principalmente seus parentes indígenas da etnia Munduruku pela violência empregada, ademais  causará preocupação  se ocorrer lentidão da policia na apuração e sua consequente elucidação dos fatos que levaram ao fatídico acontecimento. Outra situação que preocupa é a segurança do preso aqui nesta cidade quando ocorrer sua prisão, pois para se evitar ameaças dos parentes em "justiçá-lo" deve de imediato ser removido ou transferido para Itaituba, temendo-se por sua segurança.  
Resultado de imagem para assassinato hoje em jacareacanga de indigena
Para rememorar,   postamos a seguir imagens da invasão à delegacia ocorrida em tempo pretérito, devido a morte de Lelo Akay Munduruku, onde foi depredada e o grupamento policial  posto em fuga. Se não ocorresse o recuo do grupamento de policiamento que estava fortemente armado, teria ocorrida naquela ocasião uma tragedia em Jacareacanga.
Resultado de imagem para assassinato hoje em jacareacanga de indigenaResultado de imagem para assassinato hoje em jacareacanga de indigenaResultado de imagem para assassinato hoje em jacareacanga de indigenaResultado de imagem para assassinato hoje em jacareacanga de indigenaResultado de imagem para assassinato hoje em jacareacanga de indigena
Nessa ocasião, a pressão dos indígenas, obrigou o Sr. Secretario de Segurança Pública a vir em Jacareacanga, com seu staff, e firmaram com os indígenas um rol de compromissos que não foram cumpridos em sua totalidade.